Sábado 16 de Janeiro de 2021

Presidente do COI destacou aumento do papel do desporto e da solidariedade na mensagem de Ano Novo

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, salientou que a “comunidade olímpica conseguiu transformar o que tem sido um 2020 único e desafiador em lições e oportunidades” na mensagem de final de ano.

 IOC/Greg Martin

IOC/Greg Martin

Na sua mensagem de de Ano Novo enviada à comunidade olímpica e difundida também pela AIPS (Associação Internacional de Jornalistas do Desporto), Bach lembrou “como o papel do desporto, em diferentes aspectos da sociedade, foi fortalecido durante a pandemia do Covid-19”.

“O papel do desporto para a saúde física e mental, para nossa vida social e para nossa vida económica foi amplamente reconhecido”, segundo referiu, tendo acrescentado que “isso foi alcançado por meio de uma série de iniciativas, incluindo a campanha “#StayStrong, #StayActive #StayHealthy”, um novo acordo de cooperação com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a campanha “Healthy Together” em parceria com as Nações Unidas (ONU)”.

O mesmo reconhecimento veio da Assembleia Geral da ONU, que aprovou uma resolução por consenso conclamando os governos do mundo a incluir o desporto nos seus programas de recuperação, referindo que “tanto a resolução da Assembleia Geral, quanto a última declaração da Cúpula dos Líderes do G20, apoiaram os próximos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, a serem realizados em 2021, e os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim em 2022”.

Bach aproveitou também para afirmar que o “COI reafirma que Tóquio 2020 e Pequim 2022 serão de facto, as prioridades para o extraordinário ano olímpico de 2021”.

“Tóquio ainda é a cidade olímpica mais bem preparada de todos os tempos. Só podemos agradecer aos nossos parceiros e amigos japoneses pelo seu grande empenho e determinação, que está absolutamente em linha com o nosso compromisso e a nossa determinação em organizar estes Jogos de forma segura para todos os participantes e em fazer estes Jogos Olímpicos adequados para o mundo pós-coronavírus. Todos viveremos jogos inesquecíveis ”, segundo afirmou, a propósito, Bach.

Além disso, explicou que “temos que começar, no início deste ano, para nos preparar para os próximos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022. E aí, realmente, todos estão a bordo. Vemos o mesmo compromisso e determinação de nossos parceiros e amigos chineses, e todas as instalações olímpicas já estão prontas para os melhores atletas de desportos de inverno do mundo ”.

Uma indicação adicional da importância do desporto e dos valores olímpicos no mundo de hoje pode ser extraída de uma das lições aprendidas em 2020, de acordo com Bach, que afirmou que “precisamos de mais solidariedade dentro das sociedades e precisamos de mais solidariedade entre as sociedades. ”

Bach assentou também que “vamos aprender com esta lição de solidariedade e, desta forma, voltaremos a transformar os desafios do futuro em oportunidades. Com esse espírito, levaremos as reformas da Agenda Olímpica’2020 para o futuro”, culminando por convidar “todos para se juntarem a nós nessas reformas em andamento e a viver o nosso lema de ‘mudar ou ser mudado’ também nos próximos anos”.

 

 

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.