Quinta-feira 09 de Maio de 8763

Observatório Nacional da Violência contra Atletas

comite olimpico portugal 2021Apresentada nova ferramenta de melhoria do ambiente no universo desportivo e da promoção e salvaguarda da saúde e bem estar dos atletas – Observatório Nacional da Violência contra Atletas – ObNVA.

O ObNVA é coordenado pelo ISMAI/Maiêutica em colaboração com a Associação Plano i, e conta com a colaboração do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), do Comité Olímpico de Portugal (COP), da Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto (APCVD) e da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), assumindo-se como uma plataforma de recolha de dados de evidência sobre a prevalência de violência sobre atletas, depositário de denúncias informais que reencaminha para as Autoridades competentes, assim como facilitador de apoios de vária índole para quem a ele recorre com esse pedido de ajuda.

Este observatório (cujo site pode consultar na página de internet do COP) procura agregar informação (através de um breve questionário totalmente anónimo e confidencial que, desde já, convidamos a preencher) sobre situações de violência contra atletas, à margem das associadas aos eventos desportivos, nomeadamente no espaço reservado ao público (por exemplo com claques), uma vez que estas últimas já são devidamente monitorizadas por outras entidades. Os seus objectivos centrais são:

- Fazer o levantamento de situações de violência contra atletas vividas directamente ou testemunhadas;

- Caracterizar as situações de violência contra atletas, na óptica da compreensão das suas tipologias, dinâmicas, consequências e implicações;

- Encaminhar as pessoas que o desejarem para as autoridades competentes (e.g., órgãos de polícia, serviços de atendimento e apoio a vítimas);

- Contribuir para o desenvolvimento de estudos científicos no domínio em apreço;

- Contribuir para a optimização das políticas e medidas de prevenção e combate à violência contra atletas.

Cientes da escassez de estudos científicos, nomeadamente em Portugal, e da inexistência de mecanismos de denúncia que estejam facilmente ao alcance de todos/as e que permitam às vítimas reportar, anonimamente, as situações de violência a que estão ou estiveram expostas no âmbito do treino e/ou na competição, o ObNVA será uma ferramenta de mapeamento e de compreensão de uma realidade que urge caracterizar, no sentido de desenvolver políticas e medidas de prevenção e combate eficazes.

Com efeito, e ainda que a prática desportiva tenha efeitos muito positivos do ponto de vista do desenvolvimento humano e da aquisição de competências pessoais e sociais, as evidências têm vindo a demonstrar que também pode ser potenciadora de situações de violência, ainda que nem sempre interpretadas como tal.

A demarcação da fronteira entre o que é aceitável e legítimo a fim de atingir determinados objectivos e o que constitui uma violação dos direitos fundamentais é, por vezes, difícil de estabelecer, o que contribui para a normalização, silenciamento e ocultação de experiências graves de vitimização, quer seja física, psicológica, sexual e/ou social.

© 8763 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.