Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Madeira SAD sagrou-se Campeã Nacional de Andebol na vertente feminina

FPA

FPA

Desde cedo que o Madeira SAD se adiantou na partida, após ter tido um desaire na Marinha Grande, e chegou a um parcial de 5-1, levando Diogo Guerra a pedir time-out, para tentar a recuperação, que acabou por não chegar. Na primeira parte só se viu Madeira SAD e, aos vinte minutos de jogo, já vencia por dez golos, com 4-14 no placar. A saída para o intervalo acabou por se dar com 8-18 no marcador.

No segundo tempo, a supremacia das insulares voltou a ser evidente, com as contas a serem encerradas a 20-36. Neide Duarte e Greyce Santos, com 8 golos, foram as melhores marcadoras do encontro, sendo o 15º título conquistado pela formação feminina do Madeira SAD.

A Assomada, que já se encontra despromovida, recebeu o ARC Alpendorada, numa partida em que a formação de Alexandre Monteiro esteve melhor no primeiro tempo, saído para o descanso a vencer por 11-14. No segundo tempo, a turma de Alpendorada esteve mais forte e somou uma vitória por 22-32, com Sara Barbosa a ser a melhor marcadora do encontro, com 11 golos.

O duelo entre o Colégio de Gaia Toyota e o Benfica foi bastante equilibrado, com empates sucessivos na abertura do encontro, até que aos quinze minutos, a formação de Paula Marisa Castro conseguiu passar para dois golos de vantagem (7-5). A turma de Ana Sobral ainda aproximou o resultado mas acabou por sair para o intervalo a perder por 13-11.

Na entrada do segundo tempo, o Benfica acabou por se superiorizar e passou para o comando do encontro, até que aos 45 minutos, o Colégio chegou ao empate, a 17 golos. As gaienses voltaram, posteriormente, a passar para a frente mas, a igualdade acabou por surgir novamente, aos 58 minutos. As gaienses acabaram por somar uma vitória por 25-23.

Na Marinha Grande, o SIR 1º de Maio/ADA CJB recebeu o CS Madeira, com uma primeira parte bastante equilibrada, com o marcador a fixar 11-12 na saída para o descanso. No segundo tempo, as equipas não foram além do empate a 22 golos, com o SIR a ficar afastado da despromoção.

Em Braga, um duelo bastante equilibrado entre ABC UMinho e Maiastars, com as equipas a saírem para o descanso com a vantagem pela margem mínima da formação maiata, por 13-14. No segundo tempo, as equipas não foram além do empate a 29 golos, na última jornada, com Nathalia Baliana a ser a artilheira do encontro, para a formação maiata, com 9 golos.

O ND Santa Joana Maia recebeu o CA Leça, com uma primeira parte cheia de equilíbrio, com a saída para o descanso a dar-se com 11-12 no marcador. Mas no segundo tempo, com uma entrada em falso, o CALE acabou por passar para o comando e venceu o encontro, com o ND Santa Joana Maia a ser despromovido para o Campeonato Nacional da 2ª Divisão Feminina.

Em Aveiro, no encontro entre Alavarium Love Tiles e Academia de São Pedro do Sul, registou-se alguma superioridade da formação de Carlos Neiva que saiu para o intervalo a vencer por 15-13. No segundo tempo, as aveirenses mostraram-se de pedra e cal para a conquista do 2º lugar do Campeonato 1ª Divisão Feminina, ao vencerem por 32-28. Bruna Dias (SPS) com 14 golos, foi a melhor marcadora do encontro.

 

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.