Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Marcos Freitas juntou bronze singular ao do par no europeu de ténis de mesa

FPTM

FPTM

Marcos Freitas conquistou a medalha de bronze em Singulares, a segunda de Portugal no Campeonato da Europa individual que se realizou na cidade polaca de Varsóvia, depois do bronze de João Monteiro e Tiago Apolónia em Pares.

Marcos Freitas (25.º do ranking mundial) foi derrotado nas meias-finais pelo germânico Dimitrij Ovtcharov, n.º 9 do mundo e vencedor de quatro medalhas nos Jogos Olímpicos, 3 de bronze (Rio 2016 em Equipas e Londres 2012 em Equipas e Singulares) e uma de prata (Pequim 2008 em Equipas), campeão da Europa em Singulares em 2013 e 2015 e por Equipas em 2007–2011, 2013, 2017, 2019.

A próxima grande competição em que a Selecção Nacional vai participar são os Jogos Olímpicos de Tóquio. Portugal vai competir na prova de Equipas masculinas, com os atletas João Monteiro, Marcos Freitas e Tiago Apolónia e em Singulares masculinos – Marcos Freitas e Tiago Apolónia – e Singulares femininos – Fu Yu e Shao Jieni. João Geraldo é suplente da equipa masculina.

Marcos Freitas, “estou muito feliz com este resultado, o 3.º lugar na prova individual. Os jogos foram muito difíceis, muito importantes. Temos os Jogos Olímpicos daqui a pouco tempo, por isso foi muito bom e fico muito satisfeito com a minha performance. Tive momentos muito bons e agora é regressar a Portugal e treinar bem, preparar bem os Jogos Olímpicos, dar o máximo e representar bem o nosso país”.

Para João Monteiro, também ao site da Federação Portuguesa de modalidade, “o balanço deste Campeonato da Europa é bastante positivo, ao alcançar mais uma medalha para Portugal, o que dá uma motivação extra para os Jogos Olímpicos que se avizinham. Agora é regressar a Portugal, descansar uns dias e depois voltar à carga para no final de Julho estarmos todos na máxima força e tentarmos trazer mais uma vez um grande resultado para Portugal”.

Tiago Apolónia, por seu lado, referiu que “o balanço que faço destes Campeonatos da Europa em Varsóvia é extremamente positivo, estou sobretudo contente com a medalha conquistada em Pares com o João Monteiro. Espero que sirva de motivação para continuar a trabalhar nas próximas semanas, para continuar a preparar os Jogos Olímpicos de Tóquio, onde esperamos também estar ao nosso melhor nível”.

 

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.