Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Portugal venceu a Espanha e continua em alta no Andebol

FPAndebol

FPAndebol

Portugal venceu o amigável com Espanha, no primeiro de dois jogos particulares entre as duas formações, que terminou com a vitória dos Heróis do Mar por 32-31.

Apesar de ter sido um jogo de cariz amigável, de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020, Portugal fez história ao vencer a Espanha, algo que só tinha acontecido uma vez entre as duas selecções, no que às equipas ‘A’ diz respeito. O jogo realizou-se em Caminha e o segundo embate irá acontecer este sábado em Vigo.

A selecção espanhola apontou dois golos sem resposta no início da partida, após um período de alguma precipitação no ataque de Portugal, mas mais à frente apareceu uma resposta idêntica dos Heróis do Mar, tendo Pedro Portela empatado o jogo a dois golos. Seguiu-se uma sequência de vantagens pertencentes à Espanha, que optou por uma defesa 6×0, mas nunca por mais do que a margem mínima, com a equipa portuguesa a conseguir sempre empatar o jogo até ao 7-7 verificado pouco depois dos 10 minutos.

Depois disso foi a vez dos dois guarda-redes brilharem, Gustavo Capdeville e Rodrigo Corrales iam contabilizando defesas sucessivas sem que o marcador mexesse durante mais de cinco minutos. Perto da metade do primeiro tempo, o seleccionador nacional, Paulo Pereira, fez entrar Miguel Martins, Diogo Silva e Leonel Fernandes, o que acabou por mexer com o jogo de forma diferente, e Portugal passou pela primeira vez para o comando do marcador, quando Diogo Silva fez o 8-7.

Com o 7×6 a funcionar, à entrada para os últimos sete minutos da primeira parte, o marcador foi sendo favorável à equipa nacional – mas com a equipa espanhola a chegar consecutivamente ao empate – até bem perto do apito para o descanso, num período menos concentrado de Portugal que teve oportunidade para alcançar dois golos à maior e acabou por sair para o intervalo a perder por 15-16.

Equilíbrio foi mesmo a palavra de ordem na primeira parte e no segundo tempo o jogo revelou-se ligeiramente mais partido, com Portugal a entrar a vencer e a chegar ao empate a 16 golos através de Pedro Portela, e encontrar uma mudança no sistema defensivo espanhol, de 6×0 para 5×1. A liderança no marcador foi sendo repartida até ao 20-19, altura em que a Espanha fez um parcial de 0-4, chegando ao 20-23, e alcançando também a maior vantagem registada na partida, até então.

À semelhança daquilo que tinha acontecido no primeiro tempo, Portugal soube responder bem aos períodos mais difíceis e voltou a alcançar o empate, desta vez a 24 golos, após uma boa recuperação a todos os níveis. Humberto Gomes foi dono e senhor das redes portuguesas nos segundos 30 minutos e ajudou – e de que maneira – a que Portugal estivesse sempre no caminho da vitória, algo que acabou por acontecer. Aos 23 minutos a selecção nacional chegou ao 28-26, por Alexis Borges, mas as combinações com o pivô do lado espanhol iam sendo a pior dor de cabeça da defensiva lusa, que teimava em não conseguir ultrapassar a barreira dos dois golos de vantagem.

Dentro dos cinco minutos finais, a selecção espanhola teve um jogador excluído pela primeira vez em todo o jogo, e outro poucos segundos depois, o que facilitou a tarefa portuguesa em chegar aos três golos à maior (31-28), o que praticamente sentenciou a partida. O adversário ainda reduziu até à margem mínima mas acabou por não haver tempo para mais e Portugal sorriu o apito final.

Paulo Pereira, Selecionador Nacional, referiu que Portugal irá manter o foco na preparação, independentemente de qualquer resultado, afirmando que “não podemos ficar nem muito felizes nem muito tristes. O dia seguinte é outro dia e temos de continuar. Há detalhes a que é preciso prestar mais atenção. É com essa intenção que trabalhamos sempre”.

O próximo confronto dos Heróis do Mar diante da Espanha está agendado para este sábado, dia 10 de Julho, às 17h00 de Portugal Continental, e contará com nova transmissão em directo no Canal 11.

 

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.