Sexta-feira 19 de Agosto de 2022

Portugal no Europeu de Andebol’2022 que começa sexta-feira

Portugal já se encontra em Budapeste (Hungria), sede dos Heróis do Mar durante a participação no Campeonato da Europa de 2022, com o jogo inaugural a ter lugar na sexta-feira contra a Islândia.

FPAndebol

FPAndebol

O seleccionador nacional, Paulo Pereira, deu a conhecer a lista final de 18 atletas que irão competir e fez a antevisão da competição, bem como o balanço do trabalho de preparação que decorreu até então, tendo referido que “houve alguma alteração porque, de certa forma, tínhamos planificado de uma forma e, agora, acabámos por pensar de maneira diferente. Esta questão da COVID-19 condicionou muitas coisas, sobretudo no dia-a-dia, na minha vida profissional acho que foi o momento em que mais dificuldades de adaptação tivémos. É quase impossível lutar contra isto no dia-a-dia e planificar direito para que aquilo que está estabelecido se cumpra. Houve apenas essa pequena modificação mas de resto, no geral, está como nós tínhamos planificado desde o início.”

Quanto ao balanço da preparação, Paulo Pereira salientou que “foi muito difícil porque dos 23 treinos que estavam previstos, anulámos vários, transformámos outros, andámos a treinar em pequenos grupos, acabámos por desfocar muito da competição e dos nossos adversários porque a preocupação primordial que tínhamos era mais deixa ver quem é que está apto. Foi muito difícil mas, também acho que temos uma certa tendência para sobreviver ao caos. Portanto, somos especialistas nisso e espero que, mais uma vez, também consigamos sobreviver a uma situação crítica que tivemos. Toda a gente está feliz porque estamos todos aptos a viajar embora nem toda a gente possa entrar no primeiro jogo. Quando chegarmos lá faremos novos testes mas só o facto do grupo que tínhamos planificado para viajar já é algo interessante sabendo que alguns deles só treinaram nos últimos dois dias da preparação. Vamos ter que ter essa capacidade de nos adaptarmos e ver isto como um desafio, esta é a forma de estar mas temos de ter apesar de todas as circunstâncias.”

Sobre que sensações tem para a competição, o técnico nacional salientou que “vamos ter que ser capazes de situar a forma de resolver problemas no jogo e, se conseguimos situar muito bem de que maneira é que vamos ter que resolver as questões, quer no ataque, quer na defesa, quer na transição, podemos ter algumas opções. É difícil mas vamos ter que conseguir ter energia para focar os problemas de uma forma eficaz. Se assim o fizermos cada um de nós vai ter que dar um pouco mais do que aquilo que deu até agora e isso é inevitável para termos sucesso.”

Andebol-Seleccionados-11-01-2022Portugal tem recordações recentes positivas em relação aos confrontos com Hungria e Islândia. Quanto ao conjunto húngaro, um dos países organizadores, tem bem presente a derrota por oito golos de diferença no EHF Euro 2020 (34-26), que valeu aos Heróis do Mar a melhor classificação de sempre na competição e também a qualificação para o Torneio Pré-Olímpico, no qual Portugal acabaria por voltar a fazer história rumo a Tóquio.

Andebol-Seleccionados--11-01-2022Em relação à Islândia, os confrontos entre as duas selecções são algo recorrentes, este que foi um dos adversários de Portugal na Qualificação para o EHF Euro 2022.

Nos três jogos mais recentes, Portugal venceu dois, no Mundial 2021 e na Qualificação para o Euro 2022 e perdeu um, também referente à mesma prova.

Portugal conta com Gustavo Capdeville (Benfica), Manuel Gaspar (Sporting), Diogo Branquinho FC Porto), Leonel Fernandes (FC Porto), Salvador Salvador (Sporting), Alexandre Calvacanti (Nantes), Fábio Magalhães (FC Porto), Gilberto Duarte (Montepellier), Tiago Rocha (Grand Nancy), Daymaro Salina (FC Porto), Victor Iturriza (FC Porto), Daniel Vieira (Avanca), Angel Hernandez (Kuwait), António Areia (FC Porto), Miguel Alves (FC Porto), Miguel Martins (Pick Szeged), Martin Costa (Sporting) e Rui Silva (FC Porto).

Intgrado no grupo B da primeira fase de apuramento, a equipa nacional defronta a Islândia (6ª feira, 19h30 na RTP2), seguindo-se a Hungria (Domingo, 17h, também na RTP2) e os Pa+íses Baixos (terça-feira, 19h30, ainda na RTP2).

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.