Sábado 21 de Maio de 2022

Sporting venceu Benfica e conquistou terceira Taça de Portugal em Basquetebol

Basquetebol-Taça-Sporting-Benfica-08-05-2022O Sporting conquistou a Taça de Portugal Alfaloc pela terceira vez consecutiva, depois de ultrapassar o Benfica por 79-75 num dérbi de tremenda emoção e que se realizou este domingo em Albufeira.

Num embate de alta voltagem, os “leões” entraram da melhor forma, chegaram a ter uma vantagem de onze pontos, mas permitiram a recuperação dos “encarnados” no final do primeiro quarto. Com uma forte moldura humana, a formação de Alvalade aproveitou da melhor forma as perdas de bola das “águias” e recebeu o contributo dos atletas vindos do banco (30 pontos) para chegar ao intervalo a vencer por 49-42.

O intervalo fez bem ao conjunto comandado por Norberto Alves. O Benfica voltou dos balneários com maior força nos ressaltos defensivos e reagiu à liderança “verde-e-branca” ao empatar a contenda a 65 à entrada para o quarto e derradeiro período.

Neste último quarto, o Benfica recuperou e chegou a ter uma vantagem de cinco pontos (67-72), mas a emoção estava reservada para os últimos segundos, quando António Monteiro mostrou sangue-frio da linha de lance livre e colocou o Sporting a vencer por 77-75, aumentado o score para 79-75. Aaron Broussard esteve perto de repor a igualdade a 77, mas não conseguiu concretizar e foram os “leões” a festejar no final.

Com este título, o Sporting aumentou para oito o total de triunfos na Taça de Portugal.

Benfica sagrou-se campeão nacional feminino

Basquetebol-Taça-Benfica-08-05-2022O Benfica sagrou-se bicampeão nacional ao vencer a Liga Betclic Feminina 2021-22, depois de superar o Sportiva AzorisHotels (Açores) por 73-70, no terceiro e último jogo da final da prova, no que foi o culminar de uma época perfeita para as “encarnadas”, que venceram todos os troféus que disputaram.

O jogo do título começou com um arranque fortíssimo das “encarnadas”, a provocar vários turnovers às açorianas nos minutos iniciais. A meio do 1º quarto, o Sportiva apenas somava pontos da linha de lance livre e já perdia por sete pontos (12-5). Com uma eficácia acima dos 64%, a vantagem das “encarnadas” subiu para os 18 pontos em cima da buzina final do 1.º quarto (29-11).

O Sportiva reagiu da melhor forma e entrou no 2º quarto com vontade de inverter a tendência do jogo. Um parcial favorável de 14-5 a abrir o segundo parcial recolocou as insulares a apenas 9 de distância (34-25). Até ao final da primeira parte, as duas equipas trocaram cestos e, quando soou a buzina, a vantagem das comandadas por Eugénio Rodrigues era de 12 pontos (45-33).

A meio do período, o Benfica vencia por 53-42, mas as insulares ainda acreditavam na reviravolta no marcador e terminaram o 3.º quarto por cima, reduzindo a diferença para apenas 8 pontos (58-50).

Os dez minutos foram impróprios para cardíacos, com a equipa orientada por Ricardo Botelho a aproximar-se cada vez mais, até que Raphaella Monteiro marcou um cesto decisivo já dentro do minuto final do jogo. Apesar de um triplo perto do fim, que encurtou as distâncias para apenas uma posse de bola, o Benfica controlou os últimos segundos e celebrou a conquista do título nacional perante os seus adeptos.

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.