Quarta-feira 06 de Julho de 2022

Diana Durães com mínimos para Europeu nos 1500 livres depois do mundial de Budapeste

Natação-MundialDiana-19-06-2022

Federação Portuguesa Natação

Diana Durães terminou, este domingo, em sexto lugar na segunda série de três das eliminatórias dos 1500 livres, do Mundial de Natação Budapeste 2022.

A benfiquista obteve mínimos para o Europeu de Roma, agendados para a capital italiana de 11 a 21 de agosto, ao cumprir o critério: terminar entre as 12 primeiras ou melhorar a marca de 16.28,47.

A olímpica portuguesa concluiu com 16.25,23 minutos que lhe deu a 11ª posição entre as 28 nadadoras inscritas. A passagem à final encerrou nos 16.13,52. O seu recorde nacional está fixado em 16.15,12 de 2020. Os mínimos para o Europeu estão fixados em 16.28,47 ou um lugar entre os 12 primeiras.

Lidera os tempos de final a norte-americana Katie Ledecky (15.47,02).

Esta segunda-feira, José Paulo Lopes participa na terceira série das eliminatórias dos 800 livres (09h11). O bracarense apresenta a 18ª marca, 7.52,68, recorde de Portugal, entre os 33 inscritos.

Na competição artística, também realizada em Budapeste, a seleção de Portugal participou, pela primeira vez, nas eliminatórias da competição de Equipa Técnica, tendo terminado na 13ª posição com 75,6638 pontos.

A formação chinesa dominou as eliminatórias com 94,0039, seguida pelo Japão (91,2049) e pela Itália (89,5775).

A selecionadora nacional Sylvia Hernadez considerou que foram atingidos os objetivos com esta participação, ao afirmar que “o nosso objetivo era os 75 e, portanto, conseguimos esse objetivo, sendo que era muito complicado conseguir essa pontuação pela sua exigência. A verdade é conseguimos ultrapassar atingindo quase os 76, com os 75.6638”.

Natação-Artística-19-06-2022

Federação Portuguesa Natação

Sylvia Hernandez salientou ainda que “as meninas realizaram uma muito boa atuação, mas os nervos provocaram alguns erros graves. Tendo em conta que foi a primeira vez que Portugal participa num campeonato do Mundo, com jovens pouco experientes em competições internacionais, muitas delas juniores, achamos que a prestação foi notável.”

A prova de Dueto Livre, com 35 equipas inscritas, realiza-se esta terça-feira (8h00), com a participação lusa de Maria Beatriz Gonçalves e Cheila Morais Vieira.

SELEÇÃO: Ana Bárbara Costa, GESL; Beatriz Cruz Gama, OSCN; Carlota Sena Fonseca, GESL; Cheila Morais Vieira, GESL; Filipa Abreu Faria, OSCN; Francisca Rosa Damman, PORTIN; Inês Maria Dubini, CFP; Maria Beatriz Gonçalves, GESL; Mariana Nogueira Ganhão  AMINATA; Marta Amaral Moreira  GESL

 

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.