Terça-feira 04 de Outubro de 2022

Sporting venceu Benfica e conquistou segunda Supertaça no Basquetebol (masculino)

Basquetebol-Supertaça-17-09-2022

FPB

Em Torres Novas, o Sporting “vingou-se” da derrota imposta pelas águias há uma semana, no Torneio Cidade de Lisboa, e terminou vencedor por 89-84, numa partida recheada de emoção de princípio a fim.

A partida começou com a intensidade no máximo. Ambas as equipas procuraram ganhar uma vantagem inicial que permitisse abordar os primeiros minutos com outro conforto e foi o Sporting quem o conseguiu.

Os “leões” aproveitaram da melhor forma a falta de acerto das “águias” no primeiro quarto para chegarem à liderança após os primeiros dez minutos (33-28). O Benfica conseguiu recuperar no início do segundo período, mas os comandados de Pedro Nuno mantiveram a eficácia ofensiva e ao intervalo mantinham a liderança (48-37).

A toada continuou no terceiro quarto. A equipa do Benfica foi conseguindo aproximar-se no marcador, mas o conjunto “leonino” conseguiu responder e voltou a distanciar-se. Contudo, a emoção estava guardada para os derradeiros dez minutos, altura em que os “encarnados” reentraram na luta pelo troféu.

Os instantes finais foram de muita incerteza, mas o triunfo sorriu à equipa verde-e-branca, que conseguiu revalidar um título que vencera na última época.

Marcus LoVett Jr. leva o MVP com 22 pontos, dois ressaltos, quatro assistências e três roubos de bola. No Sporting, o norte-americano foi seguido por Ivica Radic (18pts, 3res, 1ast), Diogo Ventura, (12pts, 2res, 3ast, 3rb), Isaiah Armwood (11pts, 5res) e Travante Williams (10pts, 4res, 4ast, 2rb).

No Benfica importa mencionar a exibição de Aaron Broussard (20pts, 5res, 7ast, 2rb, 1dl) e Makram Ben Romdhane (19pts, 9res, 4ast, 1rb).

 

Basquetebol-Supertaça--17-09-2022

FPB

… e Benfica ganhou a Supertaça Metro Numbers (no feminino)

 

O Benfica conquistou a Supertaça Metro Numbers pela segunda época consecutiva e venceu o primeiro troféu oficial da temporada, depois de derrotar o GDESSA Barreiro (78-47).

As “águias” entraram melhor e não demoraram a assumir a liderança do encontro, impondo a sua intensidade para depressa criar um fosso de dez pontos. A formação da margem sul do Rio Tejo tentou responder no segundo quarto, mas mostrou dificuldades ofensivas e ao intervalo perdia por 37-16.

O descanso fez melhor às comandadas de Eugénio Rodrigues, que continuaram a distanciar-se no marcador, em parte graças à vantagem no lançamento exterior (38% contra 20%) e na luta das tabelas (49 ressaltos contra 38).

No final dos 40 minutos foi o Benfica que festejou a conquista da supertaça feminina, a segunda consecutiva após o triunfo em 2021.

A capitã das “encarnadas” Joana Soeiro (9pts, 6ast, 4res), foi a MVP do encontro. Darien Huff (12pts, 3res, 3ast, 2rb), Marta Martins (11pts, 6res, 2ast), Carolina Cruz (11pts, 9res), Courtney Warley (10pts, 7res, 1ast, 2rb) e Raphaella Monteiro (19pts, 9res, 2ast, 1rb) também estiveram em evidência nas “águias”.

Na formação do GDESSA Barreiro, Sara Ressurreição (14pts, 4res, 1ast), Erykah Russell (12pts, 5res, 2rb) e Krystal Freeman (10pts, 7res, 1ast) foram as mais esclarecidas.

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.