Segunda-feira 27 de Maio de 2024

Equipa Portugal desafiada a superar-se nos Jogos Europeus’2023

COP-JogoEuropeus-Equipa-02-06-2023

COP

“Mais importante do que ser primeiro, herói é quem sabe dar-se por inteiro e dentro de si ir mais além”, foi a ouvir a poesia de Manuel Alegre que a Equipa Portugal para os Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023 foi desafiada pelo presidente do Comité Olímpico de Portugal.

José Manuel Constantino, exortou todos os atletas a superarem-se, entre os dias 21 de junho e 2 de julho, na Polónia.

Serão 210 os atletas portugueses, de 23 disciplinas, a competir nos Jogos Europeus, que juntam também 89 oficiais, num total de 299 participantes. “Trata-se da maior missão alguma vez enquadrada pelo Comité Olímpico de Portugal e isso é o reflexo natural do valor do desporto nacional e daquilo que representa no contexto europeu. Espero que as vossas melhores expetativas possam ser concretizadas. Essa concretização é para uns igualar ou superar as marcas e os resultados que estiveram na origem do apuramento, e será para outros a ambição de poder estar no pódio. Mas a todos é possível a superação”.

Os Jogos Europeus reunirão cerca de 7500 atletas, de 48 países, em 30 modalidades/disciplinas: Andebol de praia, Atletismo, Badminton, Basquetebol 3×3, Boxe, Breaking, Canoagem de velocidade, Canoagem Slalom, Ciclismo BMX, Ciclismo BTT, Escalada, Esgrima, Futebol de praia, Judo, Karaté, Kickboxing, Muaythai, Natação Artística, Natação – saltos para a água, Padel, Pentatlo Moderno, Râguebi sevens, Saltos de Esqui, Taekwondo, Ténis de mesa, Teqball, Tiro, Tiro com arco, Tiro com armas de caça e Triatlo. Ao todo, serão realizados 253 eventos de medalha, em 25 locais de competição, distribuídos por sete cidades. Em simultâneo os Jogos Europeus serão também o Campeonato da Europa em 12 modalidades: Atletismo (Equipas), Badminton, Canoagem de Velocidade e de Slalom, Ciclismo (BMX Freestyle e BTT), Esgrima (Equipas), Judo – Equipas Mistas, Natação (Saltos para a Água), Pentatlo Moderno e Teqball.

A pouco mais de um ano dos Jogos Olímpicos, este evento terá em discussão 124 lugares de qualificação olímpica direta, em dez modalidades (Boxe, Breaking, Canoagem Slalom, Saltos para a Água, Pentatlo Moderno, Rugby Sevens, Tiro, Tiro com Armas de Caça, Tiro com Arco e Ténis de Mesa). Paralelamente, contará para os Rankings de Qualificação Olímpica em mais algumas modalidades, onde se destacam o Basquetebol 3×3, Badminton, Ciclismo BTT, Taekwondo e Triatlo.

Na apresentação da Equipa Portugal, o Chefe de Missão, Marco Alves, dirigiu-se diretamente aos atletas com uma mensagem de confiança, tendo referido que “acompanhados os processos de preparação das diferentes modalidades estamos certos que todos os dias, em cada treino e em cada competição os nossos atletas, treinadores e federações se preparam para mais uma vez orgulhar a nossa bandeira. Portugal estará lá e cá a aplaudir e a acompanhar as vossas prestações. Se fizerem o vosso melhor, se estiverem à altura das vossas próprias expetativas o País irá aplaudir-vos”.

O primeiro medalhado de Portugal nos Jogos Europeus, João Silva – prata no Triatlo, em Baku 2015 – e vogal da Comissão de Atletas Olímpicos, desejou aos atletas “que possam vivenciar o verdadeiro espírito agregador do desporto”, na Polónia. “Desejo, se possível, que possam superar as vossas expetativas.”

Vítor Pataco, presidente do Instituto Português da Juventude e Desporto, destacou a importância que carateriza a participação da Equipa Portugal em Cracóvia-Malopolska 2013. “Cada um de vós persegue o seu sonho, mas também faz sonhar o País. Os Jogos Europeus são uma competição muito feliz para Portugal e uma oportunidade para fazerem a vossa afirmação desportiva. Missões como esta são um dos alicerces que refletem a aposta e o investimento no alto rendimento”, de acordo com o comunicado emitido pelo Comité Olímpico de Portugal.

 

© 2024 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.