Domingo 04 de Março de 6221

Moreirense empatou Benfica na Liga Betclic

moreirense vs slb 3 dez2023 LP

Liga Portugal

Com um nulo no final do jogo, o Moreirense esteve de peito aberto e viu-se na contingência de empatar o Benfica na luta pelo primeiro lugar na Liga Betclic, no que aproveitou o FC Porto, enquanto o Sporting apenas joga nesta segunda-feira.

Com uma entrada “à grande”, os de Moreira de Cónegos andaram depressa e quase bem, arrasando por completo as águias, algo fora de contexto, até porque o tempo esteve frio e a equipa de Roger Schmidt voltou a “tremer”.

Desde o primeiro minuto que o Moreirense dominou o encontrou, criou várias oportunidades, algumas delas provocadas pela defesa encarnada, tendo Trubin, a trave da baliza e a falta de pontaria dos artilheiros da casa safado o Benfica de poder estar a perder por dois ou três golos nos primeiros vinte minutos, situação que se manteve aos 45+8’, quanto durou o primeiro tempo.

Na segunda parte, o Benfica entrou mais “tonificado”, Kevin entrou em ação objetiva para parar os remates dos avançados benfiquistas, enquanto o Moreirense assentou mais, por força das circunstâncias, que levou a formação de Lisboa a deter maior posse de bola (69/31%, em especial pelos passes, em número de 625) ainda que sem progredir a caminho da baliza contrária.

As substituições também não tiveram impacte, nem na forma nem dano jogo, ainda que o Benfica tivesse mais remates (16-12, dos quais apenas 3-3 para a baliza), que não foram na direção certa, isto é, para o golo, que não surgiram de parte a parte.

Ainda se registou a entrada da bola em cada uma das balizas, mas o VAR decidiu que não valeram, por questões de fora de jogo.

No Braga-Estoril, os bracarenses dominaram em toda a linha, apesar da equipa da linha (Cascais) se ter colocado na frente do marcador, com um golo de Guitane (24’), tendo Ricardo Horta empatado (31’), resultado que se manteve até ao intervalo.

No segundo tempo, o Braga passou para a frente (51’) com um tento de Simon Banza (o líder dos marcadores), que chegou aos 11 golos, tendo Marcello Camé (90’) feito um autogolo a favor do Braga, fechando o triunfo em 3-1.

Com mais remates (18-5, dos quais 8-1 para a baliza) e posse de bola (62/38%), o Braga confirmou a justiça da vitória.

Dentro da irregularidade que tem mantido nos últimos jogos, o Boavista foi goleado (4-0) em casa, com o Arouca – último classificado – a obter a segunda vitória (em 12 jogos), com a ajuda de Gonzalez (golos obtidos aos 2 e 23’), Mujica (39’) e Salgueiro (72’).

Tiago Morais (90+4’) e Melovanov (49’) foram expulsos, jogando dez para cada lado, numa partida em que os arouquenses remataram mais (12-11, dos quais 7-2 para a baliza, numa posse de bola de 64/36% para o Boavista.

A 12ª jornada conclui-se nesta segunda-feira, com o encontro entre o Sporting e o Gil Vicente, no Estádio Alvalade, a partir das 20h15.

© 6221 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.