Terça-feira 23 de Julho de 2024

Isaac Nader (Benfica) e Mariana Machado (Braga) os melhores nas principais S. Silvestre de 2023

IMG_7285

DR

No balanço que se faz após as três principais provas de fim-de-ano realizadas em 2023 e em Portugal, o benfiquista Isaac Nader foi o melhor, ao vencer a Lidl S. Silvestre de Lisboa com o tempo de 29m09s, atleta que tem mínimos para os Jogos Olímpicos de Paris (1.500 metros).

IMG_7282

DR

João Amaro (Benfica), foi 3º no Porto, com 29.23, seguindo-se Miguel Moreira (Benfica) 2º em Lisboa, com 29.25 e Miguel Marques (Sporting) foi 3º, com 29.27, enquanto Nader se prepara para, a curto prazo, começar a subir para os 5.000 e, correndo tudo bem, como se espera, poder chegar aos 10.000 metros e tornar-se no ídolo maior em Portugal.

Na competição feminina, Mariana Machado (Sporting de Braga), que ganhou a Lidl S. Silvestre do Porto com 33m21s, sagrou-se a campeã das campeãs, superiorizando-se a Salomé Rocha (Sporting), com 33.47 (que foi segunda), enquanto Maria Tomé (Clube Natação de Torres Novas) foi 3ª (34.17), mas em Lisboa.

IMG_7290

DR

Ana Mafalda Ferreira (Sporting), ganhou na Amadora (34.39), seguindo-se Carla Martinho (3ª em Lisboa) com 34.41 e Mónica Silva (Sporting), com 34.51 na S. Silvestre da Amadora.

No Porto (29ª edição), verificou-se a situação inédita de o Sporting de Braga fazer a “dobradinha”, isto é vencer as duas corridas (masculina e feminina).

Outra curiosidade respeita à “guerra dos sexos”, em Lisboa (16ª edição), onde o sexo masculino voltou a vencer o feminino, somando 8 triunfos contra 6, com as senhoras a terem uma vantagem de cinco minutos na próxima prova, em dezembro deste ano de 2024.

IMG_7293

DR

Ainda nesta prova, noutra classificação, o melhor atleta no último km foi Issac Nader (2.29s), enquanto no feminino foi Neide Dias, com 2m59s.

A prova que teve mais atletas chegados à meta (no conjunto de todas as categorias regulamentares) foi a de Lisboa, com 8.715 enquanto no Porto completaram a corrida 7.281, com a Amadora a atingir 1.667.

De salientar ainda que Tiago Pereira (Sporting) bateu o recorde pessoal no triplo salto (pista coberta) ao saltar 16,90 num encontro internacional disputado na cidade espanhola de Navarra, ficando em 2º ainda que em igualdade com o vencedor, Andy Diaz.

© 2024 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.