Segunda-feira 22 de Julho de 2024

Portugal com 23 vagas para os Jogos Paralímpicos Paris 2024

A Federação Internacional de Boccia (BISFed) e o Comité Paralímpico Internacional (IPC) confirmaram, esta quarta-feira, a atribuição de uma quota na modalidade de boccia e uma quota na modalidade de tiro, respetivamente, a atletas portuguesas para os Jogos Paralímpicos Paris 2024.

Canoagem-Europeu-Szeged-13-06-2024A quota da modalidade de boccia foi concedida a Ana Catarina Correia que terá a sua estreia paralímpica a competir em individuais BC2 de boccia. A vaga foi atribuída à atleta por convite à participação efetuado pela BISFed em sequência do pedido formalizado anteriormente pelo Comité Paralímpico de Portugal.

Na modalidade de tiro, a quota foi atribuída a Margarida Lapa. A jovem atiradora garantiu a vaga através do quinto lugar na prova R5 carabina a 10 metros da classe SH2 obtido no Campeonato da Europa de Tiro decorrido em Granada, em Espanha, e assegurou a sua participação com a obtenção, pela segunda vez, da marca de qualificação no Grand Prix que está a decorrer em Novi Sad, na Sérvia.

Portugal possui agora 23 quotas asseguradas em sete modalidades para os Jogos Paralímpicos Paris 2024 que se realizam de 28 de agosto a 8 de setembro na capital francesa.

O boccia conta com sete atletas confirmados pelos individuais Ana Sofia Costa, Ana Catarina Correia, José Gonçalves e Carla Oliveira e a equipa BC1-BC2 que será composta por três atletas. O atletismo possui seis quotas não-nominais e a natação quatro, sendo que estas últimas serão preenchidas pelos nadadores Daniel Videira, Diogo Cancela, Marco Meneses e Tomás Cordeiro. A canoagem tem a participação dos canoístas Alex Santos e Norberto Mourão garantida, o badminton estará representado por Beatriz Monteiro, o tiro terá em ação Margarida Lapa e o ciclismo possui duas vagas não-nominais para representação nacional em Paris 2024.

© 2024 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.