Quarta-feira 26 de Fevereiro de 2020

Volta 77 com calor, suor, lágrimas e …

Volta_Apresent

DR – Nuno Veiga

Vestidos a rigor, bem sentados no selim e aí estão os heróis que, a partir desta quarta-feira, vão tomar parte na 77ª Volta a Portugal, a competição rainha do ciclismo no nosso país, com a cidade de Viriato a antecipar os festejos de um dos mais antigos e tradicionais feiras, como a de São Marteus.

Para esta volta – que comporta dezasseis equipas das quais seis portuguesas e um pelotão estimado com 137 unidades – apenas surgem no top, com qualidades para chegarem ao pódio final – do ponto de vista teórico, porque prognósticos só no final – ciclistas estrangeiros embora ao serviço das equipas nacionais, como são os casos de Gustavo Veloso e Délio Fernandez (W52) e Alejandro Marque (EFAPEL) mas onde entram os portugueses Hugo Sabido, Sandro Pinto e João Benta (Louletano), Ricardo Mestre (Tavira), Amaro Antunes (LA-Antarte), Rui Sousa (Rádio Popular) e Joni Brandão (EFAPEL).

O recordista de presenças é Hugo Sabido (Louletano), que cumprirá a décima terceira volta aos 35 anos, e que foi 2º em 2012 e 13º o ano passado, enquanto o seu companheiro de formaçºao, Sandro Pinto, foi 11º em 2014.

A EFAPEL é a campeã em título e, por certo, quererá repetir o êxito no Marquês de Pombal, que poderá ser duplo se Alejandro Marque chegar ao título final, depois de ter ficado no quadro de honra em 2013.

O dorsal nº 1 foi atribuído ao espanhol Gustavo Veloso, da equipa lusa W52, estando marcada para as 15h04 a partida do primeiro corredor no prólogo de abertura, um contra-relógio individual com 6 km, com os seguintes a sair de minuto a minuto.

A partir daqui o amarelo começa a povoar os sonhos de quem se lança na grande competição, sem dúvida um inimitável e extenso evento social que atravessa gerações e percorre várias regiões do país, sendo um desfile sucessivo de dez etapas com 1.550,7 quilómetros e muitas emoções. Até à chegada a Lisboa, haverá sorrisos e sofrimento, vencedores e vencidos entre os guerreiros das equipas presentes.

Os grandiosos festejos em honra de S. Mateus, tão populares na região de Viseu, só vão começar mais tarde mas a chegada da caravana da Volta à cidade antecipou a festa. Nas ruas sente-se a agitação da movimentação dos carros coloridos da organização, das equipas e dos patrocinadores.

No programa “Verão Total”, a RTP, estação oficial da Volta, apresentou, esta terça-feira, em directo da Praça da República, os protagonistas das equipas da Volta. Música e animação numa tarde quente com grande adesão popular fizeram o espectáculo no centro de Viseu, a preparar a quarta-feira para os seis quilómetros de contra-relógio individual, a começar e a terminar na Avenida da Europa depois de uma travessia da zona histórica de Viseu, uma das mais belas a nível nacional.

Tudo a postos e aguarda-se apenas a partida deste conjunto de heróis à procura da fama em Portugal.

 

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.