Quarta-feira 22 de Janeiro de 2020

Sporting dominou nacional de crosse longo

27nov 1056 Cross Sel CNCom seis triunfos (em doze possíveis) o Sporting foi o maior conquistador de títulos no nacional de crosse longo que este domingo se realizou no Rossio de Monforte (Portalegre), num percurso difícil, em especial pelas condições que apresentava face às intempéries que tem assolado o país.

No principal escalão, as leoas (que não contaram com Salomé Rocha e viram Jéssica Augusto desistir) acabaram por ganhar com a chegada da veterana (40 anos) Sandra Teixeira em 14º lugar, numa prova ganha por Catarina Ribeiro, que surpreendeu tudo e todos, em especial Sara Moreira, que voltou a não conseguir o título que persegue há meia dúzia de anos.

Catarina cumpriu o percurso em 29.46 e Sara gastou mais seis segundos, sendo o pódio completado por Inês Monteiro (30.41), todas do Sporting. Seguiram-se Susana Cunha (Linda-a-Pastora), com 31.15 e Carla Martinho (Recreio de Águeda), com 31.29.

No colectivo, o Sporting venceu ao somar 20 pontos contra 35 do Recreio de Águeda e 53 do Sporting de Braga.

No masculino, Rui Teixeira (Sporting) regressou à competição (após dois anos de ausência) e aproveitou uma estratégia errada por parte de Rui Pinto e Samuel Barata (Benfica), que andaram quase sempre na frente mas que baquearam na altura da decisão do vencedor.

Deixando Rui Pinto a forçar o andamento, Teixeira recuperou o terreno entretanto perdido e acabou por vencer com 32.16, deixando Pinto a vinte e dois segundos e Barata a 32, atletas que completaram o pódio.

Seguiram-se Rui Pedro Silva e Ricardo Dias (ambos do Sporting), com 33.03 e 33.09, com os leões a colocarem sete atletas entre os dez primeiros.

Em termos colectivos, o Sporting também continua campeão, tendo somado 16 pontos, contra 24 do Benfica e 105 do Salvador do Campo e 110 do Sporting de Braga, que seria o previsto terceiro classificado.

Na categoria de juniores, a coqueluche Mariana Machado (Sporting de Braga) continua a ganhar tudo e a todas, com Beatriz Rodrigues (Sporting) a ser segunda. Por equipas também venceu o Sporting.

No masculino, triunfo para Ruben Sousa (Sporting) à frente de Miguel Ribeiro (Benfica), tendo a equipa da Luz saído vencedora colectivamente.

Nos juvenis, Bárbara Neiva (Almada e Figueirinhas) foi a vencedora individual e o Benfica ganhou por equipas, enquanto no masculino os triunfos foram alcançados por Etson Barros (C. Oriental do Pechão) e pelo Benfica.

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.