Quarta-feira 28 de Outubro de 2020

Erro Grosseiro, com pedido de desculpa, dá em empate

© JCMyro 2019

© JCMyro 2019

Portugal empatou no apuramento para o Euro2020 de futebol,  perante a Sérvia(1-1), num jogo marcado por um erro grosseiro  do árbitro polaco, Szymon Marciniak.

Algo estranho se passou ao minuto 74, após cabeceamento de André Silva, Rukavina corta a bola ostensivamente com o braço, o árbitro polaco sem qualquer dúvida assinala grande penalidade para Portugal.

Mas o Sr Marciniak, após uma pressão de vários jogadores sérvios, vai consultar o seu assistente e acabou por reverter a decisão para a posse de bola ao guarda redes sérvio, quando no mínimo seria canto, já que a bola saiu pela linha de fundo.

No final da partida, quando já nada havia a mudar e segundo as palavras de Fernando Santos e de Cristiano Ronaldo, já nos balneários o Sr Szymon Marciniak reconheceu os erros cometidos  pela sua equipa durante o jogo.

Mas para Portugal, as más noticias chegaram mais cedo, ainda na primeira parte, aos 30 minutos com a lesão do capitão  Cristiano Ronaldo, que quando tentava chegar a um passe de Rafa, não aguentou o esforço da corrida pedindo de imediato a sua substituição. Fernando Santos foi forçado a efetuar uma substituição, saindo o capitão e entrando para o seu lugar Pizzi, que teria uma noite pouco inspirada.

Com este empate, o segundo no arranque do apuramento para o Euro2020 de futebol – Grupo B,  com apenas dois pontos, a seleção portuguesa ocupa o terceiro lugar atrás do Luxemburgo, que com três pontos está no segundo lugar, na liderança está a Ucrânia com quatro pontos.

© JCMyro 2019

© JCMyro 2019

O resultado foi construido na primeira parte com  um golo de Tadic,  de grande penalidade aos 7 minutos e um golaço  de Danilo aos 42 minutos.

No segundo tempo mesmo com criar de oportunidades várias, Portugal não conseguiu dar outra expressão ao marcador.

A nível do ‘onze’ inicial de Portugal, nota para Dyego Sousa, que  foi a grande surpresa de Fernando Santos para este jogo além de colocar também Danilo e Rafa, saindo André Silva, Rúben Neves e João Moutinho.

A seleção Portuguesa  recebeu a Sérvia, para o campeonato da Europa de 2020, no Estádio da Luz, em Lisboa, perante 50.342 espetadores, as equipas alinharam:

Portugal:

Rui Patrício, João Cancelo, Pepe, Rúben Dias, Raphaël Guerreiro, Danilo, William Carvalho, Rafa (Gonçalo Guedes, 84), Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo (Pizzi, 30) e Dyego Sousa (André Silva, 57).

(Suplentes: José Sá, Beto, José Fonte, João Moutinho, André Silva, João Mário, Diogo Jota, Gonçalo Guedes, Rúben Neves, Mário Rui, Pizzi e Nelson Semedo).

Treinador: Fernando Santos.

Sérvia:

Dmitrovic, Rukavina, Spajic, Milenkovic, Mladenovic, Maksimovic, Gacinovic (Radonjic, 21), Lazovic (Zivkovic, 69), Tadic, Ljajic (Milinkovic-Savic, 87) e Aleksandar Mitrovic.

(Suplentes: Rajkovic, Vasiljevic, Gajic, Zivkovic, Jovic, Stefan Mitrovic, Veljkovic, Lukic, Radonjic, Jovicic, Milinkovic-Savic e Pavkov).

Treinador: Mladen Krstajic.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pepe (45+2), Mladenovic (77), Spajic (79) e Tadic (86).

No âmbito da sua política de responsabilidade social, uma das ações da FPF é a inclusão social através do futebol,  convidou diversas associações para assistir aos jogos da Seleção.

No total,  cerca de 500 crianças e jovens em risco de exclusão pelo background social ou por serem portadoras de vários tipos de deficiência. Tratou-se de uma oportunidade de lhe proporcionar um dia diferente, que de outra forma não seria possível.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assistência: 50.342 espetadores.

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.