Terça-feira 10 de Dezembro de 2019

“Match” Europa-Estados Unidos em atletismo na Eurovisão

Atl-EuropaEUA-09-08-2019 (1)A “Eurovision Sport” é o parceiro de televisão da Associação Europeia de Atletismo (EAA) para a transmissão do “Match” Europa-Estados Unidos da América, um encontro inovador e que vai colocar à prova a “potência” dos dois Continentes no campo desportivo, para o caso o Atletismo, evento que terá palco em Minsk (Bielorrússia) nos dias 9 a 10 de Setembro próximo.

O acordo para o “Match” cobre os direitos de transmissão para a Europa e é um complemento do contrato de longa data da Eurovision Sport com a European Athletics. A Eurovision Sport, uma divisão da União Europeia de Radiodifusão, representa as emissoras de serviço público da Europa, garantindo ampla cobertura de audiência e de forma gratuita.

Este encontro marca um retorno do atletismo aos famosos duelos intercontinentais dos anos 60 e 70. Os melhores atletas da Europa enfrentarão os principais competidores dos EUA na última grande competição de atletismo antes do Campeonato Mundial da IAAF em Doha.

O recém-renovado Estádio Olímpico Nacional do Dínamo, com capacidade para 22.000 lugares, será o palco para esta competição inovadora, sendo este encontro o continente de atletismo mais forte e a nação de atletismo mais forte num concurso carregado de adrenalina que certamente atrairá a imaginação de fãs ao redor do mundo.

Stefan Kurten, director executivo da Eurovision Sport, salientou que “é emocionante poder adicionar este novo evento ao nosso portfólio com a Associação Europeia de Atletismo. Somos grandes defensores da inovação no desporto e este novo formato parece destinado a entusiasmar o público”.

Acrescentou ainda que “através do nosso contrato de longa data, asseguramos a melhor cobertura de sinal aberto em toda a nossa ampla rede de radiodifusores. É óptimo poder oferecer aos fãs outra oportunidade de ver os melhores atletas em acção antes do Campeonato Mundial da IAAF. ”

O presidente da Associação Europeia, Svein Arne Hansen, salientou – ao site da AEA – que “estamos muito satisfeitos com o facto de a Eurovision Sport e seus membros de transmissão gratuita fornecerem a plataforma para o maior público possível na televisão e mídia digital para este encontro”, acrescentando que “já garantimos a presença de muitas estrelas para a equipa europeia, incluindo os embaixadores Ekaterini Stefanidi (Grécia), Thomas Rohler (Alemanha), Armand Duplantis (Suécia), Ramil Guliyev (Turquia), Daniel Stahl (Suécia), Piotr Lisek (Polónia) e Mariya Lasitskene (ANA) e esperamos uma equipe dos EUA igualmente forte. Tenho a certeza de que este novo desafio ajudará a reviver a tradição do atletismo em competições de equipas e estabelecer uma rivalidade entre Europa e EUA semelhante à da Ryder Cup e da Solheim Cup”.

Setenta e seis atletas masculinos e 76 femininos representarão cada selecção, com a Bielorrússia, na qualidade de anfitriã, a garantir dez lugares na equipa.

O vencedor de cada evento individual do Campeonato Europeu de Atletismo da Superliga em Bydgoszcz, Polónia, será convidado a competir pelo “Team Europe” em seus eventos especializados, juntamente com os três primeiros atletas da temporada de 2019 na segunda-feira, 12 de agosto de 2019.

Para o time masculino e feminino do Team Europe 4x100m, os vencedores do Bydgoszcz, bem como o primeiro time nacional da lista de 2019, serão seleccionados, enquanto as estafetas mistas serão compostos por competidores individuais já escolhidos para o evento.

Pedro Pichardo, que este fim-de-semana actua na equipa portuguesa que estará nos Europeus de Nações – este sábado e domingo – na Noruega, é um candidato a encabeçar a equipa europeia se obtiver o melhor resultado dos quatro grupos.

 

© 2019 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.