Quinta-feira 03 de Dezembro de 2020

Sporting derrotou Gil Vicente e isolou-se no segundo lugar da LIGA NOS

Ao vencer o Gil Vicente, no Estádio José Alvalade, relativo à primeira jornada da Liga NOS’2020/21 e que foi adiado devido à pandemia do Covid-19, o Sporting subiu ao segundo lugar da competição após a 5ª ronda, acertado que foi o calendário nesta quarta-feira.

Com uma toada mais ou menos rápida consoante a táctica empregue, a primeira parte não teve peripécias de gabarito, ainda que se notasse uma maior supremacia dos leões, mais a mais por jogarem em casa.

LIGA Portugal / A. Cotrim

LIGA Portugal / A. Cotrim

No entanto e apesar disso, os golos não surgiram – o que dá “sal” ao jogo – e no final da primeira parte o resultado estava em branco (0-0).

No segundo tempo, os homens de Barcelos entraram dispostos a tentarem chegar ao golo, quiçá para ganhar maior animação, acabando por serem os primeiros a marcar (52’) com um golo que nasceu de mais uma desatenção/falta de concentração da defesa sportinguista, que foi batida porque pouco fez para evitar o golo.

Num livre marcado por Talocha, sobre a direita da grande área leonina, a bola sobrevoa os defesas mais perto do marcador mas, no miolo da defesa, pouco antes da linha demarcadora da pequena área, Lucas Mineiro surgiu rápido a saltar acima dos centrais sportinguistas – que não se fizeram ao lance – e desviou a bola para o segundo poste, a poucos centímetros do segundo poste, por onda a bola entrou sem que o guardião leonino conseguisse lá chegar.

A partir daqui, o Sporting teve que “andar para a frente”, os cartões amarelos começarem a surgir mas (82’) Sporar conseguiu quebrar a rotina e chegar ao empate. O avançado do Sporting recebeu a bola de um cruzamento feito por Pedro Gonçalves, Nuno Santos desviou para o segundo poste, onde estava Sporar à espreita da oportunidade e marcar sem apelo nem agravo.

Num hiato de dois minutos, o Sporting preparou a estratégia para passar a liderar o marcador e (84’), Tiago Tomás estava no sítio indispensável para chegar ao 2-1, depois de Daniel Bragança desmarcar o avançado, que fez um ligeiro toque na bola e esta deu entrada na baliza.

Com sete minutos passados depois dos 90 – na “tradicional” compensação, que tanto dá para ganhar como para perder, o Sporting chegou ao 3-1 final, através de um golo marcado por Pedro

Gonçalves, que deu o caminho certo à bola.

De 13 remates contra 4 (dos quais 6-1 para a baliza), o Sporting teve sempre ascendente, o que foi confirmado ainda pelos 65/35% de posse de bola.

Com este triunfo, o Sporting ascendeu ao segundo lugar, com 13 pontos (menos dois que o Benfica), mais três que o F. C. do Porto. Mas ainda há muito campeonato para jogar e … sofrer!

A sexta jornada começa esta sexta-feira (20h30), com o Paços de Ferreira-F. C. do Porto, sem dúvida difícil para os Dragões, ávidos em se manter no “top”, prosseguindo no sábado, com o Belenenses SAD-Farense (15h30), Rio Ave-Moreirense (18h00) e o Marítimo-Nacional (20h30) num “derby” regional de grande “calor”.

 

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.