Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Dinamarca apurada para os oitavos depois de golear a Rússia

Numa epopeia digna de registo – face ao problema de saúde tido por Christian no jogo da primeira ronda – a Dinamarca só precisou de um triunfo (ainda que gordo) para se apurar para os oitavos-de-final do Euro’2020.

Recompostos do desaire inicial em que a comitiva dinamarquesa se viu em palpos de aranha pelo ataque cardíaco sofrido pelo seu jogador, a verdade é que as competições só terminam após o árbitro dar o jogo por terminado.

Nos “intervalos”, a Dinamarca mostrou, ante os russos, como se joga a bola e chegou a uma goleada (4-1) que a catapultou para os oitavos, por mérito próprio e com uma nova vida, num jogo em se comprovou, pelas estatísticas, que a supremacia do norte europeu esteve mais forte.

Com uma posse de bola de 65/35%, a Dinamarca fez 16 remates contra 6 da Rússia, dos quais 10-2 para a baliza, de onde surgiu a vantagem de quatro golos e a subida para uma glória, mesmo que seja efémera nos oitavos.

Damsgaard (38’) abriu o activo, aumentado por Poulsen (59’) e que sofreu o golo russo (70’), de grande penalidade, obtido por Dzyuba. De seguida, Christensen (79’) chegou ao 3-1 e (82’) Maehle (82’) fechou a conta do contentamento geral, numa contabilidade milimétrica e suficientemente controlada para o apuramento.

No outro jogo deste grupo B, a Bélgica voltou a demonstrar que também quer estar do “passeio dos famosos” e derrotou a Finlândia por um 2-0 comprovativo da superioridade, com uma posse de bola de 61/39%, com 17-7 em remates, dos quais 7-1 para a baliza, se bem que os finlandeses tivessem a benesse de manter-se no terceiro lugar, com hipóteses de ainda seguir em frente, com a Rússia a regressar a casa.

No grupo C, a Holanda manteve o pé forte e brindou a Macedónia do Norte com um 3-0 resultante de uma posse de bola de 59/41%, com 17 remates contra 13, dos quais 7-1 para a baliza. Holanda que, tal como a Bélgica e a Itália, fechou o grupo com o máximo de pontos (9).

Depay (24’) e Wijnaldum (51 e 58’) marcaram os golos dos holandeses.

Na outra partida, a Áustria venceu (1-0, golo de Baumgartner aos 21’), e fixou-se no segundo lugar, enquanto a Ucrânia desce ao terceiro posto e aguarda o final dos grupos para saber se será um dos melhores quatro terceiros para seguirem em frente.

Quer isto dizer que Turquia, Rússia e Macedónia do Norte, últimos dos grupos A, B e C, já fizeram as malas para regressarem a casa.

 

País de Gales e Dinamarca alinhados para os oitavos

 

País de Gales e Dinamarca (2ºs dos grupos A e do B) jogam no dia 26 deste mês, em Amesterdão, enquanto a Áustria aguarda pelos resultados desta terça-feira para saber quem será o adversário nos oitavos, também a realizar no mesmo dia.

O opositor dos austríacos sairá do grupo D, que terá esta terça-feira os jogos República Checa-Inglaterra e Croácia-Escócia.

Checos e ingleses somam 4 pontos e Croácia e Escócia um cada, o que significa que nada está certo. Nem para uns nem para outros. Jogos a seguir pelas 20 horas.

Que haja verdade desportiva, desportivismo e fair play em campo.

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.