Sexta-feira 24 de Setembro de 0359

Primeiro-Ministro na despedida dos atletas para os Jogos Paralímpicos de Tóquio

DR

DR

O Primeiro-Ministro, António Costa, despediu-se esta sexta-feira dos atletas paralímpicos que partem (este sábado) para os Jogos em Tóquio, afirmando que “ao longo dos anos as selecções paralímpicas trouxeram para Portugal 92 medalhas e é, seguramente, nestes Jogos Paralímpicos que ultrapassaremos a barreira das 100 medalhas”.

De acordo com o comunicado divulgado pela Presidência do Conselho de Ministros, António Costa disse também que “tal como nos Jogos Olímpicos, nem a distância nem a diferença horária afastaram os portugueses dos atletas que os representam”, também agora, “qualquer que seja a hora em Portugal, enquanto estiverem em prova, nós estaremos convosco, sofrendo, quando não ganharem, festejando, quando ganharem”.

O Primeiro-Ministro acrescentou ainda, na cerimónia que se realizou nas instalações da Federação Portuguesa de Futebol, em Oeiras, que “o desporto é, sobretudo, um exercício de superação e, o alto rendimento paralímpico é um exercício de superação ao longo de toda a vida, pelo que o vosso exemplo é extraordinário”.

Salientou ainda que “assumimos, na preparação deste ciclo olímpico e paralímpico, o compromisso de igualdade entre os que se preparam para uns e outros jogos, quer nos prémios, quer nas bolsas. Em cada ciclo olímpico, temos o dever de procurar dar mais um passo, de fazer como vós, de ir um pouco mais longe”.

Por isto, “o debate e o trabalho que temos de fazer para o próximo ciclo é o do pós-olimpismo, o do depois de cessar a prática da actividade desportiva, o da continuação da vida e do aproveitamento do saber e das capacidades únicas que só o desporto de alto rendimento, que só a superação de quem participa nestes jogos, permitem adquirir”.

Adiantou, por outro lado, que “há um enorme saber, uma enorme competência, um enorme talento que desenvolveram e que a sociedade não pode desperdiçar. Portanto, para o próximo ciclo, pensemos em como a sociedade pode aproveitar plenamente este talento extraordinário”.

O Primeiro-Ministro foi acompanhado pelos Ministros da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, e pelo Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

 

© 0360 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.