Quarta-feira 17 de Janeiro de 5866

Relatório da Missão Olímpica a Tóquio 2020 aprovado por unanimidade

COP-MissaoToquio-19-12-2021A Assembleia Plenária do Comité Olímpico de Portugal aprovou todas as propostas que foram postas à discussão: o Relatório da Missão de Portugal aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, o Plano de Actividades e Orçamento para 2022 e os trâmites do próximo processo eleitoral dos órgãos sociais do COP, segundo se pode constatar no site da organização.

Suspensos desde 30 de Novembro, devido a uma indisposição do presidente José Manuel Constantino, quando o Relatório da Missão já fora apresentado pelo chefe da Missão, Marco Alves, e o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira, propusera um voto de louvor à Missão.

Na altura, também o presidente da Federação de Andebol de Portugal, Miguel Laranjeiro, tinha agradecido o trabalho da Missão a Tóquio 2020 e, no reatamento da referida reunião, decidiu secundar o líder da FPA na proposta de voto de louvor.

Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, interveio para sublinhar as condições difíceis em que foram preparados os Jogos Olímpicos e realçar a capacidade de liderança do presidente do COP.

Aprovados por unanimidade o Relatório da Missão de Portugal aos Jogos Olímpicos a Tóquio 2020 e o Voto de Louvor à Missão, o presidente do COP sublinhou que “o êxito deste trabalho deve ser partilhado com as Federações Desportivas. É um êxito do movimento desportivo federado. Cabe também uma palavra de reconhecimento às entidades públicas, ao IPDJ e à Secretaria de Estado da Juventude e Desporto. Tivemos sempre uma relação de parceria muito frutuosa”.

O Plano de Actividades e o Orçamento para 2022 foram igualmente aprovados por unanimidade, tendo o presidente do COP esclarecido que “são documentos sujeitos a condicionalismos impostos pelo facto de ser um ano eleitoral”.

Entretanto, a Assembleia Plenária também votou por unanimidade a data de 10 de Março para a realização de eleições no COP, assim como a composição da Comissão Eleitoral que liderará o processo: Vasco Lynce, antigo presidente e membro honorário do COP; Maria de Fátima Abrantes Mendes, jurista; e João Mariz Fernandes, antigo presidente do Panathlon Clube de Lisboa.

As listas candidatas ao COP devem ser apresentadas até 45 dias antes da data das eleições, não se sabendo ainda se José Manuel Constantino se recandidatará a mais um mandato, recordando-se que o presidente do COP teve problemas de saúde recentemente, dos quais está a recuperar bem.

 

© 5866 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.