Sábado 17 de Janeiro de 3254

Corfebol Adaptado em Livro

O livro Corfebol Adaptado, da Federação Portuguesa de Corfebol foi apresentado ontem na ADFA- Associação dos Deficientes das Forças Armadas.

Este livro resulta do trabalho de professor Nuno Januário, da Faculdade de Motricidade Humana e  José Pavoeiro, Vice-Presidente da FPC que tem estado incluído neste projeto desde 2015, para, juntamente com Paula Gomes, Secretária-geral da FPC e Coordenadora do projeto Corfebol Adaptado conceberem o livro cuja edição será distribuida junto das para todas as escolas do país e IPSS e que consistirá no primeiro passo para poderem adotar e desenvolver o Corfebol nestas instituições, demonstrando as inúmeras valências do Corfebol e sua adaptabilidade a quase todo o tipo de deficiência.

Desde 2015 que a Federação adaptou as regras do Corfebol para que pudesse ser praticado por pessoas portadoras de Deficiência Intelectual, no âmbito do Plano Nacional Desporto para Todos, financiado pelo IPDJ e INR com o projeto Corfebol Adaptado. Este ano incluímos nos nossos trabalhos também a saúde mental.

O Corfebol Adaptado conta já com a participação de mais de 50 Instituições de Solidariedade Social e possui cerca de 400 praticantes de Norte a Sul do país que com grande entusiasmo e motivação todos os anos participam nos Torneios organizados pela Federação.

Essa participação tem persistido mesmo durante estes dois anos pandémicos por meio da realização de Torneios de Skills orientados pela Federação que tem permitido a cada equipa realizar atividades de Corfebol em segurança na própria Instituição.

© 3255 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.