Sábado 17 de Janeiro de 6443

Sporting e Leça nos quartos da Taça de Portugal Placard com um Porto-Benfica esta quinta-feira

casa pia vs scp tpor 22 dez

FPF

Ainda que tivesse dominado globalmente a partida, o mau tempo que se fez sentir para a zona de Monsanto (Mata) complicou a vida ao Sporting, que tardou em acertar com o ritmo e com … a baliza.

O Casa Pia fez-se forte para receber os campeões nacionais e soube complicar sempre que podia (e deixavam), tanto que numa rápida incursão pela esquerda, a bola saiu dos pés de Poloni para voar até o segundo poste, onde Coates ficou com os pés agarrados à relva e não saltou, dando de bandeja o golo (8’) a João Silva, que cabeceou a contar. Mal na foto ficou também o guardião João Virgínia que não deixou os postes mais cedo.

Depois de começar a defender alto, os gansos baixaram a guarda e refugiaram-se mais na zona mais recuada, ainda que sem perder o tino com a baliza contrária, se brm que a chuva e o vento que se fizeram sentir complicaram a vida às duas formações.

Necessitando de recuperar terreno, o Sporting foi insistindo mais mas só conseguiu o empate à passagem da meia hora (32’), quando Coates, no seguimento de um pontapé de canto, surgiu oportuno na pequena área e rematou para dentro da baliza casapiana, empate que se manteve até final da primeira parte.

No segundo tempo, era necessário mudar de feitio e Ruben Amorim reforçou a linha da frente, começando o “bombardeamento” sobre o último reduto do Casa Pia quando Pedro Gonçalves, de frente para a baliza, rematou forte (52’) mas a bola bateu estrondosamente no poste esquerdo para, cinco minutos depois (57’) ser Sarabia a rematar fortíssimo contra a barra mas com a bola a descrever um arco e levar a bola a bater o chão, para além da linha de golo, acção que foi validada pelo VAR e pelo árbitro, colocando os leões a vencer por 2-1.

Mas como nem tudo sai bem, Tabata voltou a não ter cuidado e terá pisado o pé (perna) de um adversário, tendo sido expulso (72’), obrigando o Sporting a jogar com dez elementos nos últimos vinte e cinco minutos, o que que criou algum nervoso.

Posto isto, o Sporting avançou mais uma casa (quartos-de-final) para chegar à final da Taça de Portugal Placard.

No outro jogo desta quarta-feira, o Leça afastou o Paredes (ambos do Campeonato de Portugal) no desempate por grandes penalidades (1-1 no tempo regulamentar e no prolongamento) com os da casa a marcar 6 contra 5 do adversário e conseguirem seguir também para os quartos-de-final.

Os restantes quatro jogos terão lugar esta quinta-feira, com o Mafra-Moreirense (14h), Rio Ave-Belenenses SAD (17h), Vizela-Sporting de Braga (Sporttv, 18h45) e F. C. Porto-Benfica (20h45 na TVI).

 

© 6443 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.