Sábado 21 de Maio de 2022

EDP Meia Maratona de Lisboa volta em pleno no domingo, com maratonista mais rápida no mundo e com inscrições esgotadas

Ponte_25Abril_21

Maratona Portugal

Domingo – que já é um dia grande para esta corrida e para Lisboa – a Meia Maratona de Lisboa poderá ter outra “vida” se as marcas voltarem ao nível dos recordes (masculino e feminino) que a prova mais popular de Portugal e actual detentora do recorde do mundo da distância, em masculinos, volta à estrada.

Em simultâneo e com partida na Ponte 25 de Abril – a Meia Maratona decorrerá pela zona ribeirinha, toda plana – decorrerá também a Vodafone 10K. No conjunto das duas provas serão cerca de 28.000 participantes a animar as ruas da capital do país. Entre eles 8.000 participantes estrangeiros. De salientar que no pelotão, a 8 de maio, mais de 40% dos participantes são mulheres, o equivalente a 12.500 participantes femininas, corridas para todas as idades e distâncias e que estão esgotadas.

Para Carlos Móia, presidente do clube com o mesmo nome e organizador do evento, “depois de um regresso às provas muito especial em 2021, em que recuperámos o recorde do mundo da Meia Maratona, este ano vamos tentar bater o recorde feminino e juntar os dois recordes do mundo em Lisboa. Não é um objetivo fácil mas, como sempre, reunimos um grupo de atletas de elite que nos dará hipóteses reais de bater o recorde do mundo feminino, no próximo domingo. Se o conseguirmos, tornamos a EDP Meia Maratona de Lisboa na meia mais rápida do mundo também para mulheres”.

Para “ajudar” à possível festa do recorde, em femininos ou masculinos, há um bónus de 50.000 euros para o recordista, o que é excelente.

EDPMMLx2021-193

Maratona Portugal

Um objetivo que estará na mira da elite presente, com especial destaque para a queniana Brigid Kosgei, a mulher mais rápida de sempre na maratona e medalha de prata nos Jogos Olímpicos Tóquio’2020 nessa distância.

Vencedora de uma prova neste ano (Maratona de Tóquio), Kosgei terá a seu lado a detentora do recorde da EDP Meia Maratona de Lisboa (alcançado no ano passado, 66.06), a etíope Tsehay Gemechu. Há ainda a destacar a também etíope Gotytom Gebreselassie (65.36) e a israelita Lonah Salpeter (66.09). O tempo a bater para recorde mundial nas senhoras é de 65.16 minutos, uma marca conseguida em prova com partidas distintas entre homens e mulheres.

Quanto aos homens, com o recorde mundial de Jacob Kiplimo na mira (57.31), há 8 atletas com marcas abaixo da hora, com destaque para Kenneth Kiprop Renju (58.35), Jorum Okombo (58.48) e ainda Shura Kitata, etíope que chega a Lisboa com 59.16 de melhor marca na ‘meia’, mas com uma vitória na Maratona de Londres no currículo (2020).

Quanto à elite portuguesa, o destaque vai para Hermano Ferreira, melhor português em 2021, Luís Saraiva, Rui Teixeira e Fábio Oliveira. No setor feminino estarão presentes Rafaela Almeida, Sara Duarte e Solange Jesus.

Adiantou ainda Carlos Móia, que “quero ainda realçar a adesão que registámos a todas as provas deste fim de semana. As cinco provas (EDP Meia Maratona de Lisboa, Vodafone 10K, Luso 7K, Mimosa Passeio da Família e EDP Mini Campeões, estão esgotadas! Esta adesão demonstra, mais uma vez, a vontade dos portugueses, e de milhares de participantes estrangeiros, em continuar a correr e a praticar desporto em Lisboa e em Portugal”.

Como convidado especial, a EDP Meia Maratona de Lisboa contará com a presença de Eric Domingo Roldan, um atleta amador espanhol que bateu o recorde do mundo da maratona (2.53.28) no ano passado em Barcelona. Eric Domingo corre a empurrar uma cadeira de rodas com a mãe, que tem esclerose múltipla. A sua marca consta também no “Guinness Book”.

Em termos de horários, este sábado terão lugar a Corrida Luso 7k (partida à 9h30), Mimosa Passeio da Família (11h) e EDP Mini Campeões (16h),

No domingo, partida às 10h20 para a Meia-Maratona de Lisboa e 10h55 para a Vodafone 10 km.

As corridas de Domingo terão transmissão, em direto, na RTP1 e RTP Internacional, numa transmissão contínua entre as 10 e as 11h30, levando estas provas a mais de 200 milhões de potencias telespectadores em todo o mundo.

Está assegurada a recuperação e reutilização de toda a roupa usada que é recolhida na área de partida da Meia Maratona. Esta recuperação e redistribuição da roupa ficará a cargo da Caritas Diocesana de Setúbal.

A EDP Meia Maratona de Lisboa é a segunda meia maratona do calendário deste circuito SuperHalfs, que arrancou este mês – após um período de espera, devido à pandemia – junta cinco das mais belas corridas do mundo, com o objetivo de promover a corrida, o turismo e a sustentabilidade ambiental.

A partir da primeira corrida, os participantes podem fazer o download do seu próprio passaporte digital e carimbar todas as suas participações.

Os finalistas serão recompensados com benefícios exclusivos, entre eles a inscrição garantida em todas as corridas, merchandising próprio. Depois de superado o desafio, num período igual ou inferior a 36 meses, os corredores recebem uma “supermedalha” exclusiva.

 

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.