Sexta-feira 19 de Agosto de 2022

Bubacar Embaló Junior conquistou medalha de bronze no salto em altura no FOJE

COP-FOJE-Bronze-27-07-2022

COP

Bubacar Embaló Júnior foi, esta quarta-feira, o melhor desportista português no Festival Olímpico da Juventude Europeia (FOJE) ao conquistar a medalha de bronze no salto em altura, enquanto o Ténis avançou para os quartos-de-final de singulares masculinos, Andebol confirmou-se nas meias-finais do torneio, e na Natação também há meio-finalistas.

No Atletismo, a jornada desta quarta-feira foi abrilhantada pela subida ao pódio de Bubacar Embaló Junior no salto em altura, conquistada que foi a medalha de bronze. O atleta português conseguiu também a melhor marca pessoal ao saltar 1,98 metros, à terceira tentativa. Venceu a prova o polaco Sebastian Antosiak com 2,06 metros e em 2º lugar ficou o francês Elijah Pasquier (2,04 metros).

A Equipa Portugal assegurou ainda a presença em mais duas finais; Tatiana Pereira estará na final do triplo salto (sexta-feira) depois de ter conseguido 11,81 metros na qualificação. Stela Fernandes compete no sábado na final dos 1.500 metros, consequência da qualificação com a 5ª melhor marca – 4.32,85.

Denis Hrabar terminou o concurso de decatlo no 5º lugar com um total de 5.772 pontos. Hoje completou as dez provas do programa com o 5º lugar nos 110 metros barreiras (16,37s) e no disco (34,29 metros), o 4º lugar no salto com vara (3,60 metros) e dardo (42,34 metros) e o 3º lugar na prova de 1.500 metros (5.00,80).

Afonso Fernandes foi 12º nos 110 metros barreiras com o tempo de 14,76 segundos.

No Andebol, com a presença nas meias-finais assegurada, a equipa de Andebol apresentou-se frente à Alemanha para o último jogo da fase de grupos. Apesar da derrota por 24-32, o conjunto luso segue para a meia-final que será disputada na sexta-feira frente à Dinamarca. O melhor marcador da partida frente ao conjunto germânico foi Tomás Teixeira com sete golos.

No Badmínton, Santiago Batalha terminou a participação no quadro de singulares nos quartos-de-final, sendo afastado pelo dinamarquês Salomon Thomasen (9-21, 8-21). Antes, tinha vencido nos oitavos-de-final o espanhol Rovira Gomez (21-18, 21-14).

Nos pares mistos, Santiago Batalha e Francisca Vasconcelos entram na ronda 2 do mapa de pares, a aguardarem o seu adversário dos primeiros jogos da manhã.

Na Ginástica Artística Feminina, Maria Menezes classificou-se no 48º lugar do concurso geral com um total de 44.200 pontos. O seu melhor aparelho foi o dos saltos com o 16º lugar (12.725). Foi ainda 36ª nas paralelas assimétricas com 10.500, 48ª em solo (11.350) e terminou a trave em 72º lugar com 9.450 pontos.

Gabriela Alves posicionou-se no 58º lugar do concurso geral, com um somatório de 43.200 pontos. Foi 41ª nas paralelas assimétricas com 10.350 pontos, 44ª em saltos (11.300) e em solo (11.500) e 66ª em trave com 9.950 pontos.

No Judo, nenhum dos judocas portugueses conseguiu chegar à discussão dos lugares cimeiros nas respectivas categorias. Raquel Brás (-57kg) foi eliminada na 1ª ronda da competição pela eslovaca Terezia Vanekova. Gonçalo Lourenço ficou isento da ronda inaugural dos -66kg, e foi eliminado na 2.ª ronda pelo alemão Krystian Liwocha, já em período de golden score.

Na Natação, Ana Vieira qualificou-se para as meias-finais dos 200 metros livres, depois do 16º melhor tempo das qualificações (2.09,05), posição que manteve na sessão da tarde (2.10,74).

Catarina Franco participou também nos 200 metros livres tendo terminado em 19º lugar (2.10,05). Foi ainda 28ª em 100 metros mariposa (1.08,73) com Rita Santos a terminar esta distância na 30.ª posição com 1:09.72.

Em 200 metros costas, Tomás Januário foi 24º classificado com 2.10,55 e Rodrigo Rodrigues foi 27º com 2.11,19.

Nas provas de estafetas, o quarteto feminino composto por Catarina Franco, Ana Vieira, Rita Santos e Mafalda Mesquita terminou a qualificação em 10º lugar com o tempo de 4.02,48 para completar os 4x100m livres com novo recorde nacional de juvenis A.

No lado masculino, Rafael Mimoso, Rodrigo Pereira, Tomás Januário, Rodrigo Rodrigues foram 14º, com o tempo de 3.47,30.

No Ténis, João Dinis Silva progrediu na competição de singulares masculinos, avançando para os quartos-de-final, depois de hoje vencer o sueco Patrik Munkhammar (6-3, 6-1).

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.