Quarta-feira 04 de Março de 1835

Sporting venceu (3-0) o Rio Ave e ao Benfica bastou apenas um golo para ganhar ao Casa Pia

bola liga portugal 2022_2023Ainda que começando a todo o gaz, como se compreenderá normalmente quando as equipas jogam em casa, a verdade é que o Sporting encontrou grandes dificuldades para se impor a um Rio Ave que levou para Alvalade a lição bem estudada.

Jogando com um sistema de “bloqueio” defensivo à frente (5x3x2), os avenses não deixaram os leões apresentar o esquema pensado – quiçá jogar rápido e abrir o activo bem cedo – o que levou os da casa a tentar a sua sorte à vez, isto é, preferindo jogadas individuais, o que não surtiu efeito enquanto o Rio Ave se foi aguentando coeso na defesa.

Com isso, o Sporting também conseguiu entrar no bloqueio defensivo, tendo como momentos mais perigosos (6’) o remate de Edwards à figura do guarda-redes e (16’) quando Porro atirou para as mãos do Keeper visitante.

No entretanto, Guga marcou um livre (20’) mas enviou a bola com tanta força que saiu bem longe da baliza à guarda de Adán.

Pouco depois (24’) Edwards tentou furar entre quatro defesas avenses, apenas conseguindo um pequeno espaço para rematar forte, mas por cima da barra, numa altura em que o Sporting começou a criar uma maior pressão, surgindo (26’) Trincão a entrar na grande área do Rio Ave, pelo lado direito, e enviar a bola a bater na barra e sair do campo de jogo.

Pedro Gonçalves (34’) conseguiu isolar-se na área mas rematou para defesa do guarda redes, tendo aproveitado para, dois minutos depois (36’), chegar ao 1-0. Pelo lado direito do ataque sportinguista, Edwards centro rasteiro, a bola seguiu para a pequena área, passou por detrás de todos os jogadores avenses, o guarda-redes ficou a ver a bola a passar e coube a Pedro Gonçalves surgir isolado e encostar a bola para o fundo da baliza.

Apesar de comandar as operações, o Sporting não conseguiu marcar mais nenhum golo e o intervalo chegou com a vantagem mínima, mas merecida.

Na segunda parte, o Rio Ave surgiu mais aberto para poder tentar mudar o rumo do jogo, o que não era fácil por uma certa aversão dos atacantes em rematar à baliza de Adán, ainda que o Sporting também não estivesse melhor porque perdeu vários passes da linha média para a frente e o perigo junto do Rio Ave também se fez sentir, pelo menos no primeiro quarto-de-hora.

Numa jogada individual, iniciada pela esquerda, Matheus Nunes galgou o campo até quase à linha da grande área, onde reverteu para o centro do terreno e, enchendo o pé direito, rematou forte, junto ao primeiro poste, tendo marcado (66’) o segundo golo para os leões, o que dava mais confiança.

Minutos antes, tinham-se verificado várias substituições na equipa do Rio Ave, o mesmo sucedendo por parte dos leões, mas um pouco mais à frente.

Enquanto isso, o Sporting continuou a forçar o andamento e (75’), Pedro Gonçalves chegou ao bis, depois de ser lançado por Trincão, de forma tão rápida que surgiu isolado frente ao guarda-redes do Rio Ave, tendo tempo de desviar a bola para dentro da baliza e fixando o resultado em 3-0, que não foi alterado até final.

Com uma posse de bola de 68/32%, com 20-3 remates (dos quais 6-1 para a baliza), o Sporting justificou o triunfo, mas com a certeza de que terá de haver melhorias nítidas para que, na próxima jornada (a terceira), contra o F. C. Porto (Estádio do Dragão), não sofra um desaire.

Como nota de rodapé e pela segunda vez na presente época, os elevadores destinados à Comunicação Social continuaram a falhar, não se sabendo muito bem porquê.

Neste sábado ainda, o Benfica deslocou-se a Leiria para defrontar o renovado primodivisionário Casa Pia que, no regresso à I Liga, deu excelente luta aos encarnados e acabaram por perder (1-0), com um golo obtido por Gonçalo Ramos (58’).

Os benfiquistas dominaram, porquanto tiveram maior posse de bola (65/35%), com 15-7 em remates, dos quais 4-2 para a baliza, confirmando que as defesas foram superiores aos atacantes.

A segunda jornada da Liga Bwin prossegue este domingo, com os jogos Boavista-Santa Clara (15h30), Vizela-FC Porto (18h) e Guimarães-Estoril (19h30).

© 1835 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.