Segunda-feira 27 de Maio de 2024

Portugal apenas com dois atletas na Taça da Europa dos 10.000 metros

pistaatletismoSara Catarina Ribeiro (Sporting) e Luís Oliveira (Benfica) são os únicos candidatos apresentados por Portugal na Taça da Europa dos 10.000 metros, que se efectua em Pacé (França), neste sábado.

Sara Catarina Ribeiro (Sporting) apresenta-se pela quinta vez, tendo obtido um sétimo lugar em 2014. A atleta, que tem como recorde pessoal 32.21,19, apresenta-se este ano com o registo de 33.03,10, o 15º entre as participantes.

Em masculinos, o representante português, Luís Oliveira (Benfica) estreia-se na competição e tem como recorde pessoal a marca de 28.53,52, a 29ª entre os inscritos.

Longe vai o tempo em que Portugal dominada, por completo, os rankings europeu e mundial na distância, quando Carlos Lopes e Fernando Mamede foram detentores dos recordes da Europa e do Mundo.

Na Taça da Europa, Portugal triunfou nas duas primeiras edições, embora o primeiro (e único) título individual masculino apenas tenha ocorrido em 2011, por Yousef el Kalay. Depois disso, coletivamente Portugal venceu mais duas vezes (quatro no total).

Em femininos as contas são diferentes. O primeiro título individual foi obtido por Fernanda Ribeiro na segunda edição. Depois disso, mais seis triunfos de atletas portuguesas: mais um de Fernanda Ribeiro, dois de Inês Monteiro e três de Sara Moreira. Coletivamente, Portugal conquistou 10 títulos.

Ambos têm a ambição de melhorar as suas marcas, subindo nos World Rankings de forma a poderem ficar mais perto de uma qualificação para outras grandes competições.

Também neste sábado, realiza-se o Meeting de Abrantes, prova organizada pela Associação de Atletismo de Santarém, com o apoio do Município de Abrantes. Esta prova está integrada no Circuito de Meetings de Portugal 2023.

Treze são as disciplinas em prova, que se desenrolarão na Pista de Abrantes, a partir das 15 horas, destacando-se, de acordo com as listas de inscritos, o salto em altura masculino, com Francisco Barreto (Sporting Braga), Diogo Oliveira (Sporting), Nelson Pinto (Jardim da Serra) e o ucraniano, ainda sub-20, Bohdan Zmiivskyi (Sporting). Nos 3000 metros masculinos, destaque para Bernardo Rocha (Salgueiros) e Tomás Silva (Sporting).

Nas provas femininas, nota para os 100 metros barreiras, com as benfiquistas Catarina Queirós e Fatumata Baldé; e para o triplo-salto, com Ana Margarida Oliveira (J. Vidigalense), Lucinda Gomes (Estreito) e Ana Rita Silva (Maia).

Este fim-de-semana (3 e 4 de junho), Beja recebe a realização dos Campeonatos Nacionais de Provas Combinadas, dos escalões de Absolutos, Sub-23, Sub-20 e Sub-18, numa organização da Federação portuguesa de Atletismo, com o apoio da Associação de Atletismo de Beja e da Câmara Municipal de Beja.

As provas decorrerão na Pista Municipal Fernando Mamede, onde evoluirão muitos dos melhores atletas portugueses atuais de provas combinadas, que lutarão pelos oito títulos em disputa (quatro em masculinos e quatro em femininos), aguardando-se que as condições climatéricas possam ajudar à conquista de bons resultados pessoais.

Serão mais de seis dezenas de participantes nas oito provas do programa.

Entretanto, em Itália, Liliana Cá obteve um excelente 4º lugar no lançamento do disco, com 63,69, no Meeting Golden Gala Pietro Mennea, prova ganha pela norte-americana Valarie Allman, com 65,96.

 

 

© 2024 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.