Segunda-feira 22 de Julho de 2024

Meeting da Maia com resultados de bom nível

O balanço do Meeting da Maia Cidade do Desporto foi francamente positivo, pese embora a influência do vento em muitos resultados, com os lançamentos – e os atletas qualificados para os Jogos Olímpicos – em grande destaque. Este Meeting, realizado no Estádio Dr. José Vieira de Carvalho, integra o Circuito de Meetings de Portugal.

Atl-MeetingMaia---06-07-2024No peso masculino, triunfo de Mohamed Daouda Tolo (Arábia Saudita), com 20,30 metros, à frente de Tsanko Arnaudov (Torrense), com 19,89 m, e de Francisco Belo (Benfica), com 19,52 m.

Leandro Ramos (Benfica) a superar novamente os 80 metros (80,13 m) no dardo, à frente de Abdulrahman Al Azemi (Kuwait), com 68.34 m; com Jessica Inchude (Sporting), a vencer o peso com 18,50 metros, voltando a superar o esforço de Eliana Bandeira (Benfica), com 17,64 metros; e com o triunfo claro de Liliana Cá (Sporting) no disco, com 60,50 m, perante a antiga campeã mundial Denia Caballero (Cuba), com 60,06 metros.

A agora espanhola Yulenmis Aguilar lançou o dardo a 60,57 metros, derrotando Cláudia Ferreira (Sporting), com 51,53 metros; Emanuel Sousa (Benfica) superou a derrota dos Campeonatos de Portugal no lançamento do disco, chegando aos 60,56 metros, à frente do colombiano Mauricio Ortega (60,00 m), o equatoriano Juan Caicedo (59.03 m), e o recente campeão de Portugal, Edujose Lima, do Sporting (58,19); no salto em comprimento, Liz Hedding (Austrália), venceu com 6,34 metros (com vento favorável: +4,0), à frente de Mariana Novo (Póvoa de Varzim), que bateu o seu recorde pessoal com 6,00 metros (v: 2.0), enquanto em masculinos, Gerson Baldé (Benfica) não se deixou surpreender, vencendo com 7,88 metros (v: 3.0).

As provas de velocidade ficaram marcadas pelo vento. Nos 100 metros femininos (v:+3,9), triunfo Lorene Bazolo (Sporting), com 11,09 segundos, à frente de Gorete Semedo (Póvoa de Varzim), com 11,37s; enquanto em masculinos, Delvis Santos (Sporting) voltou a vencer, agora com 10,27 segundos (+2.2). Nas provas com barreiras, Abdel Larrinaga (Sporting) impôs-se nos 110 metros com a marca de 13,64 segundos (v: 3,3), enquanto em femininos, nos 100 metros barreiras (v: +3.7), Jéssica Barreira (Sporting) foi primeira em 13,37 segundos, à frente da colega de equipa Olímpia Barbosa (13,39).

Nas restantes corridas femininas só se verificaram triunfos estrangeiros. Nicole Caicedo (Equador) venceu os 400 metros em 53,62 segundos, à frente da francesa Emma Montoya (53,87 s) e da equatoriana Gabriela Anahi Suarez (54,07 s), sendo Carina Vanessa (Sporting) a melhor portuguesa (54,14 s). Nos 800 metros, quem venceu foi a francesa Trapeau Maeliss, com 2m04s15”, à frente de Yaros Yalysovetska (Ucrânia), com 2.09,12 e de Inês Cruz (Estreito), com 2.10,92; enquanto em 1500 m o triunfo pertenceu a Josefa Quezada (Chile), com 4m24s32”, à frente da jovem Maria Avelino (Maia AC), que correu em 4.27,38 (marca de qualificação para os Mundiais Sub-20), e de Laura Taborda (Sporting), com 4.28,59, e Ana Marinho (S. Salvador do Campo), com 4.29,97.

As restantes corridas masculinas só conheceram vitórias portuguesas. Nos 400 metros, o melhor foi Omar Elkhatib (Sporting), em 46,54 segundos, seguido do cubano Yoandry Lescay (46,73s), e de Ericsson Tavares (Benfica), com 47,42 s; nos 800 metros triunfou David Garcia (Sporting), em 1m50s23”; e nos 1500 metros venceu o benfiquista Miguel Moreira em 3m41s87”, à frente de Hugo Rocha (Estreito), com 3.49,34, e Ricardo Pedra (Olimpico Vianense), com 3.49,68.

Resultados completos na página da Associação de Atletismo do Porto.

Atl-MeetingMaia-06-07-2024

FPF

Sporting na frente no nacional de sub-18

As formações do Sporting, em masculinos e femininos, lideram as classificações coletivas dos Campeonatos Nacionais Sub-18, que estão a decorrer, até este domingo, no Complexo Desportivo Fernando Mamede, em Beja, uma competição onde foram batidos dois recordes nacionais.

No salto em comprimento masculino, por Gabriel Cunha, e no salto em altura feminino, por Natacha Candé.

Em femininos, as leoas comandam a classificação coletiva com 99 pontos, à frente de Benfica e Vidigalense, ambos com 50 pontos, com as formações do CA Porto (45) e C. Pedro Pessoa (38) nas posições imediatas.

 

Em masculinos, os leões lideram com 72 pontos, mais oito que o Vidigalense (64), com o Benfica na terceira posição (48 pontos). O CA Porto (43 pontos) e o Jardim da Serra (32) estão em quarto e quinto lugares, respetivamente.

O maior destaque vai para os dois recordes nacionais da categoria superados neste primeiro dia. O primeiro pelo benfiquista Gabriel Cunha no salto em comprimento do decatlo. O benfiquista, depois de ter corrido os 100 metros em 11,05 segundos, foi ao comprimento e saltou 7,47 metros, superando em um centímetro o recorde anterior (7,46 m), que pertencia a Sisínio Ambriz desde 2020.

O resultado de Gabriel Cunha, que supera a marca de qualificação

Atl-MeetingMaia--06-07-2024

FPF

para os campeonatos europeus sub-18, que se realizarão em Banska Bystrika (Eslováquia), daqui por duas semanas, iguala a marca que ainda hoje é recorde dos campeonatos (7,47 m), que foi obtida por Nelson Évora em 2001, quando ainda não tinha a nacionalidade portuguesa. No final do primeiro fia, Gabriel Cunha segue na frente do decatlo, mas os resultados no salto em altura (1,71 m) e nos 400 metros (53,92 s), depois de 15.43 metros no peso, cerceou bastante a progressão para um “ataque” ao recorde nacional do decatlo.

O segundo recorde nacional foi obtido no salto em altura, pela açoriana Natacha Candé (Ilha Verde), que passou a fasquia colocada a 1,80 metros, superando em um centímetro o anterior máximo (1,79), que pertencia a Marisa Anselmo desde 2002 (tinha já 22 anos!). Natacha Candé, que já tinha marca de qualificação no heptatlo, supera o seu anterior recorde pessoal (1,77), que também já era marca ade qualificação para a Eslováquia.

Continuando, nas provas femininas, grande destaque para os 100 metros, numa final com vento regulamentar, a permitir homologar o excelente resultado de Carolina Ventura (Sporting), que consegue marca de qualificação para os Europeus da categoria, ao correr em 11,83 segundos, ficando a um escasso centésimo do recorde dos Campeonatos. Atrás dela ficaram Margarida Oliveira (Sporting) e Tatiana Almeida (Benfica), ambas com 12,02 segundos, também elas a superarem a marca de qualificação para a Eslováquia. Contudo, já ambas tinham marcas nos 200 metros e 100 metros barreiras, respetivamente.

Nos 400 metros, triunfo de Cristina Neves (Marítimo), confirmando marca para os Europeus (56,47s), o mesmo acontecendo com Mariana Moreira (Várzea), nos 1500 metros (4m33s82”), à frente de outra atleta candidata aos Europeus, Maria Jesus (AC Batalha), com 4.35,63, e nos 2000 metros obstáculos, Cátia Khvas (NucleOeiras) não deu hipóteses triunfando com meio minuto de vantagem, cortando a meta em 7.01,45.

Nos 5000 metros marcha, Isabel Luís (C. Pedro Pessoa) liderou a prova terminando em 25.33,59, confirmando a marca para os Europeus, derrotando duas atletas sub-16: Helena Rodrigues (J Ilha Verde), com 25.48,02, e Ana Sofia Santos (C Pedro Pessoa), com 26.10,45.

Nas outras provas, registem-se os triunfos de Sara Ferreira (Vitória FC – Setúbal), no comprimento, com 5,63 m; Ariana Teixeira (ADRE Palhaça), no lançamento do disco, com 38,87m, Beatriz Sobral (Núcleo do Laranjeiro), no lançamento do martelo, com 52,02 (embora a melhor tenha sido a indiana do Sporting, Khushboo Sehrawat, com 54,12 m), e Beatriz Silva (CA Mónica Rosa), no lançamento do dardo, com 37,57m.

Finalmente, no heptatlo, segue na frente a alentejana Madalena Barradas, do Fronteirense, que soma 3126 pontos, tendo vencido as quatro provas do primeiro dia: os 100 m barreiras com 14,08 segundos (vento: +2,7 m/s), a altura com 1,60 m, o peso com 10,93 m, e os 200 metros com 25.61 s (v: +1,8 m/s).

Nas provas masculinas, destaque para os 4×100 metros, com a equipa do Juventude Vidigalense, composta por António Vasconcelos, Rafael Dias, Salvador Oliveira e João Mota a cortar a meta em 43,28 segundos, superando um recorde estabelecido (43,53) pelo Benfica em 2012 (com Rafael Jorge, José Lopes, Erick Oliveira e Ricardo Pereira).

Figura dos Campeonatos, o leiriense Denis Hrabar (J. Vidigalense), que tem marca de qualificação para os Europeus no decatlo, que venceu as provas do salto com vara, com 4,41 metros, e lançamento do peso, com 15,64 metros.

Curiosamente, a final da prova de 100 metros foi a mais prejudicada pelo vento (+3,0 m/s), com os três primeiros separados por um centésimo: Jaime Morais (Torreense), com 10,94 segundos, José Ribeiro (Papa Léguas), também com 10,94 s, e Ussumane Baldé (JOMA), com 10,95s.

Nos 400 metros, Afonso Conceição (LAVRA) correu em 49,62 segundos, confirmando marca para os Europeus, mas foi surpreendido pelo brasileiro Lucca Reis (Quinta da Lomba), que venceu com 49,42 segundos; já nos 1500 metros, Gabriel Figueiredo (SC Braga), com 4.01,67 surpreendeu Pedro Lemos (GD Ribeirinhos), com 4.02,17, e Duarte Vilas Boas (CA Oliveira Bairro), com 4.02,52.

Também confirmou a marcas de qualificação para os Europeus, o atleta Leonardo Oliveira (El Comandante), nos 2000 metros obstáculos (derrotando o sportinguista Afonso Oliveira, com 6.09,35, e Guilherme Filipe, do NúcleOeiras, com 6.11,96, ambos com marca de qualificação para os Europeus, mas, recorde-se, só podem ir dois). Nos 5000 metros marcha, que tem quatro atletas com marca de qualificação para os Europeus, destaque para o triunfo de Afonso Nóbrega (Jardim da Serra), com 23.49,83, derrotando Leandro Silva (Benfica), com 23.55,59, e Celestino Pacheco (Ilha Verde), com 23.59,31.

Nas restantes provas, o comprimento conheceu como vencedor o espanhol Marcos Lara (Sporting), com 7,29 metros, com o segundo classificado, Gabriel Santos, do Quinhendros, que saltou 7,01 m, superando marca de qualificação para os Europeus; Rodrigo Esteves (GD Pedreiras), venceu o martelo com 52,45 metros; e Tiago Ramos (Gira Sol), irmão do recordista de Portugal, Leandro Ramos, vendeu o dardo com 53,47 metros.

Resultados completos na página da FPA Competições.

© 2024 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.