Terça-feira 07 de Julho de 2020

Navio SAGRES de regresso a Lisboa

50 anos do Navio-Escola Sagres# Depois de ter servido de embaixador e Casa de Portugal nos Jogos do Rio de Janeiro – no que foi uma jornada, brilhante e sem paralelo no desporto português – o Navio Escola Sagres encontra-se a caminho de Lisboa, num regresso que, para a Marinha Portuguesa, é triunfal não só por ter sido a primeira vez que isto se verificou mas pelo impacte que criou junto da população brasileira e não só.

Recorde-se que o descobrimento do Brasil pelos portugueses, quando Pedro Álvares Cabral aportou a terras de Santa Cruz, foi o tema que abriu a cerimónia de aberturas, o que espelha e expressa, ao fim e ao cabo, depois de quinhentos anos, a gratidão do povo brasileiro para com o Portugal de outrora, onde o orgulho de ser português fez coisas que nunca ninguém realizou nesses tempos idos, afinal muito acarinhados por onde andámos a descobrir novos mundos para o mundo.

Na despedida do Rio, o Navio Escola Sagres contou com as presenças do Secretário de Estado da Defesa Marcos Perestrelo, do Secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo, da Vice-presidente do COP e Campeã Olímpica Rosa Mota e do Almirante Gouveia e Melo do Gabinete CEMA.

À Campeã Olímpica Rosa Mota coube o gesto simbólico de soltar a amarra final do porto da Ilha das Cobras no 1º distrito naval da Marinha Brasileira.

Durante a estadia na cidade carioca, a Sagres recebeu um total de 56 217 visitantes, para além de 16 recepções e eventos com uma média de 150 pessoas cada.

A Casa de Portugal / Navio Escola Sagres teve ainda a visita de diversas equipas de reportagem de meios de comunicação social, entre as quais do Brasil Globo, Fox Sports, ESPN, CNN, Wall Street Journal ou Der Spiegel.

Sem dúvida um êxito para Portugal e para o COP, que teve a iniciativa, a que se junta o “agrement” governamental para o efeito.

 

 

 

 

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.