Segunda-feira 23 de Janeiro de 1155

Espanhol Enrique Sanz venceu em etapa terminada ao “sprint”

80ª Volta a Portugal Santander 2018Viana do Castelo recebeu com alegria e calor a chegada da 7ª etapa da 80ª Volta a Portugal Santander, no palco lindo que é o alto de Santa Luzia, com o espanhol Enrique Sanz (Euskadi-Murias) a ser o primeiro depois de um “sprint” final mais poderoso, com o tempo de 3.45.02.

Num final sempre selectivo com a subida de três quilómetros, onde surgiram na frente os principais candidatos a atacar o líder Raúl Alarcón, foi Sanz quem teve mais potência num final explosivo, frustrando novamente as intenções da Efapel e de Daniel Mestre que foi segundo classificado.

Os dezassete primeiros da etapa, onde estavam os favoritos, terminaram todos com o tempo do vencedor, pelo que, como soe dizer-se, “nada foi alterado”.

Nas classificações, as camisolas mantém-se nos mesmos ciclistas, mas Joni Brandão começa a ameaçar a Azul Liberty Seguros de Alarcón, estando a apenas um ponto. Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack) veste a Branca RTP da juventude, Vicente García de Mateos a Verde Rubis Gás dos pontos, enquanto o Sporting-Tavira não larga a liderança colectiva.

Nos rápidos 165,5 quilómetros entre Montalegre e Viana do Castelo, com média horária que passou os 44 quilómetros/hora, muitas foram as tentativas de fuga, mas todas consecutivamente anuladas, a última já depois de atravessar a cidade a caminho do Santuário.

A W52-FC Porto mantém o controlo da Camisola Amarela, enquanto a Efapel está a procurar incessantemente uma vitória de etapa.

Em oito dias de prova, o triunfo de Enrique Sanz foi a quarta vitória espanhola. Agora com a Volta a Portugal concentrada no Minho chega a fase decisiva.

Com a classificação geral a ficar na mesma após a chegada a Viana do Castelo, Joni Brandão (Sporting-Tavira) é o único que está a menos de um minuto (52 segundos) do comandante Raúl Alarcón que surgiu nesta etapa com uma KTM em tons de amarelo, diferente das demais bicicletas usadas pelos corredores da equipa azul e branca.

80ª Volta a Portugal Santander 2018Na geral individual, soma 32.46,10, com Joni Brandão a 52 segundos e Vicente Mateus a 1,41. Na geral equipas, o Sporting lidera com 98.25.03, tendo a W52 a 2.56 e a Rádio Popular/Boavista a 4.05. Nos pontos, Vicente de Mateis comanda (89), seguido de Luís Mendonça (68) e Raul Alarcon (66). Na montanha, uma cerrada entre Raul Alarcón (35) e Joni Brandão (34) com João da Benta (31) na observação.

A etapa desta sexta-feira, a oitava, que vai terminar em Braga será curta, 147,6 quilómetros, mas potencialmente complicada. Reserva duas contagens de montanha de terceira categoria, uma de quarta e a última de segunda já perto da meta.

Será uma oportunidade para quem quiser atacar a liderança de Alarcón, antes da Srªa da Graça, em Mondim de Basto. Fafe receberá o contra-relógio final e vai aplaudir o vencedor desta edição da Volta.

 

© 1155 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.