Terça-feira 28 de Janeiro de 2020

Rio Maior de portas abertas ao Challenge de Marcha da IAAF

Este sábado, a cidade de Rio Maior voltará a concitar as atenções mundiais pelo facto de receber o 28.º Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha Atlética, prova que mais uma vez integra o restrito grupo de competições do World Challenge de Marcha da Federação Internacional de Atletismo, que está na 17.ª edição.

RioMaior2019Para esta prova já estão confirmadas as presenças de alguns dos melhores atletas do mundo, entre os quais muitos portugueses, com destaque para os riomaiorenses João Vieira, Miguel Carvalho, Miguel Rodrigues, Inês Henriques e Mara Ribeiro, mas também outros atletas consagrados como Ana Cabecinha e Pedro Isidro.

Entre os muitos internacionais destacam-se as presenças de Eider Areválo (Colômbia), Cai Zelin (China), Diego Garcia (Espanha), Caio Bonfim (Brasil), Andrés Chocho (Equador), Tom Bosworth (Grã-Bretanha), Eiki Takahashi (Japão) e Icvan Losev (Ucrânia).

O recordista do percurso é o russo Valeryi Borchin (quando venceu em 2011 com 1.18.55) e o melhor português é João Vieira, que venceu em 2013 com 1.21.08, sendo o primeiro luso no pódio das 27 edições realizadas, a que se seguiu Miguel Rodrigues na edição de 2017, com um segundo lugar (1.27.23).

Na competição feminina destacam-se as presenças de Shenjie Qieyang e Lu Xiuzhi (China), Sandra Arenas (Colômbia),  Bethan Davies (Grã-Bretanha), Julia Takacs e Raquel González  (Espanha), prometendo uma luta mais ou menos acesa para chegar ao pódio, no que é a mais importante e competitiva competição de marcha em Portugal.

A recordista da prova é Ryta Turava (1.27.19 em 2005) sendo Inês Henriques a melhor portuguesa, com 1.29.15 (3ª em 2018). Quanto ao pódio, apenas Ana Cabecinha também conseguiu chegar ao pódio (3ª em 2017, com 1.31.54), na distância oficial dos 20 kms.

No início da competição (1992), Susana Feitor dominou de 1993 a 1999, se bem que na distância de 10 km. Só em 2001 se estreou na distância oficial e com 1.17.55, entrando nas cinco melhores da história da competição.

Nas 27 edições completadas, a prova de Rio Maior concitou a presença de atletas de 48 países.

O programa começa (15h30) com as provas jovens e de promoção, seguindo-se os 20 km (femininos), pelas 17h30 e os masculinos tem a partida marcada para as 17h42.

Durante o evento haverá lugar ainda para o momento especial da homenagem que a organização irá fazer ao atleta olímpico riomaiorense Sérgio Vieira, que recentemente deu por terminada a sua carreira como atleta de alto rendimento.

O Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha Atlética resulta de uma organização conjunta da Câmara Municipal de Rio Maior, Desmor EM, SA e do Clube de Natação de Rio Maior, contando com o apoio da Associação de Atletismo de Santarém, da Federação Portuguesa de Atletismo e da IAAF  – Associação Internacional de Atletismo. Conta igualmente com o importante apoio de várias entidades e empresas da região.

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.