Sábado 21 de Setembro de 2019

Mais um Mundialito de Futebol de Praia para Portugal

Carlos Barroso / FPF

Carlos Barroso / FPF

Portugal fez o pleno ao vencer, esta quinta-feira, a Espanha (4-2), no último encontro do 23.º Mundialito de futebol de praia, que se disputou na Nazaré, alcançando o 7º triunfo nesta competição.

Na partida frente aos espanhóis, a formação comandada por Mário Narciso adiantou-se logo no primeiro minuto, com Rúben Brilhante a finalizar uma boa combinação com André Lourenço, com a Espanha a chegar ao empate aos 8 minutos por José Cintas, que rematou para a baliza deserta após um ressalto.

Portugal chegou ao 2-1 graças a um excelente golo de Torres, de pontapé de bicicleta. Perto do final (11 minutos) do 2.º período, Jordan apontou o terceiro tento luso, levando a equipa para o segundo descanso com dois golos de vantagem. Este foi o quarto golo de Jordan na competição.

No terceiro período, Belchior fez o 4-1 e Salvador Ardil reduziu para os espanhóis fechando o marcador em 4-2.

A equipa das Quinas fez o pleno, somando três triunfos na prova – diante do Senegal (7-1), do Japão (4-2) e, esta quinta-feira, diante de Espanha (4-2).

Com quatro golos, Jordan Santos foi o melhor marcador da competição, tendo sido eleito igualmente o melhor jogador da 23.ª edição do Mundialito.

Enquanto isso, Elinton Andrade – eleito como o melhor guarda-redes do Mundo na última edição de atribuição de prémios mundiais – voltou a vencer um prémio individual, ao ser eleito o melhor guarda-redes deste Mundialito.

O seleccionador nacional, Mário Narciso, salientou ao site da FPF que “sinto-me satisfeito com o rendimento da equipa. É uma honra vencer competições com a Selecção. O Rui Coimbra é um jogador que nos faz falta, mas conseguimos compensar e conseguir mais um triunfo. Queria deixar palavra para o público fantástico. Vou agradecer aos jogadores o empenho que os jogadores demonstraram, pois estes jogadores dão sempre tudo com grande vontade ao serviço da selecção.”

Para Madjer “é mais um motivo de grande orgulho representar esta selecção e foi bom brindar este público com mais uma vitória. É bom ver esta equipa continuar a crescer com caras novas, sendo a garantia de que o futebol de praia português tem o futuro assegurado”,

Os vice-presidentes da Federação Portuguesa de Futebol, Humberto Coelho e Hermínio Loureiro, marcaram presença na Nazaré.

No outro encontro desta tarde, o Senegal bateu o Japão, por 3-2, no prolongamento. A formação africana já tinha vencido na quarta-feira a Espanha, por 3-2, e terminou a competição no segundo lugar, com cinco pontos. Os nipónicos não somaram qualquer ponto na competição, ficando atrás da Espanha (três pontos).

Portugal alinhou com: Elinton Andrade, Rúben Brilhante, Madjer – Cap., André Lourenço e Torres, sendo suplentes Tiago Petrony, Jordan, Belchior e Von.

Espanha (cinco inicial): Pablo Lopez Molina, Salvador Ardil, Francisco José Cintas, Javi Torres e Chiky.

Suplentes: Francisco Jesús Donaire ‘Dona’ – Cap. , Berru, Pedro  Garcia, José Arias e Adri Frutos.

 

© 2019 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.