Domingo 09 de Agosto de 2020

F. C. do Porto é campeão!

A duas jornadas do fim da Liga NOS’2019/2020, o F. C. do Porto sagrou-se campeão, no que é o segundo título em três anos e o 29º da história do clube nortenho, depois de ter vencido (2-0) o Sporting num Dragão “às moscas” mas repleto de apoio pelas redondezas, o que se poderá repetir pela noite dentro, caso as autoridades policiais não “tenham mãos” para segurar todos os que querem brindar a este suado título, depois de uma reviravolta portista que o levou a chegar ao patamar mais alto do futebol nacional.

Em mais um clássico, bem se pode dizer que apesar dos 52/48% de posse de bola, os portistas acabaram por dominar o jogo, apesar dos leões terem “assustado” no primeiro minuto, quando a bola entrou na baliza portista, que não valeu porque Sporar estava em claro fora de jogo.

DR / Liga Portugal

DR / Liga Portugal

Depois disso, tudo o que de mais perigoso aconteceu pertenceu ao Porto, se bem que a “pontaria” também tivesse estado afinada, sendo de realçar o empate em bolas rematadas e bolas para a baliza entre as duas equipas.

O Porto chutou sete vezes e dos dois que foram para a baliza deram em golo. Cem por cento de aproveitamento, com título garantido. O que o Sporting não conseguiu equilibrar porquanto também rematou duas vezes opara a baliza mas as bolas não chegaram às redes.

O Porto teve mais oportunidades flagrantes mas mais ninguém estava com “pontaria” suficiente para encontrar o caminho da baliza, numa partida em que os jovens leões acusaram alguma falta de experiência à “pressão” exercida pelos portistas.

Danilo (64’) abriu o activo para os dragões, no seguimento de um canto marcado por Alex Telles, com o médio portista a antecipar-se aos centrais leoninos e cabecear de rompante para o primeiro golo.

O segundo surgiu no prolongamento final, com Marega (90+1’) a responder de forma efectiva a um passe de Otávio, isolando-se e “picando” a bola por cima de Maximiano para fazer o 2-0 final, no que foi a primeira derrota leonina nestas últimas oito jornadas, sendo que este foi o 100º jogo de Sérgio Conceição no F. C. do Porto.

No entanto, o Sporting não perdeu tudo, porquanto o Sporting de Braga não “encontrou” o caminho certo para um triunfo ante o Belenenses SAD, depois de estar a vencer (1-0) a partir dos 42’, num golo obtido por Ricardo Horta, numa partida em que os bracarenses dominaram a seu bel-prazer mas … sem marcar o suficiente para ganhar e não deixar de fugir o Sporting que, ainda que sendo derrotado, mantém uma vantagem de dois pontos.

O golo do empate, por parte do Belenenses SAD, foi alcançado por Cassierra (80’), no que foi um balde de água fria.

Um ponto que foi importante para a equipa de Lisboa, que está num grupo de cinco (Paços Ferreira, Tondela, Setúbal e Portimonense) que lutam para ficar à “tona”.

No outro encontro desta quarta-feira, Moreirense e Paços de Ferreira empataram (1-1), tendo os golos sido marcados por Steven Vitória (36’), de grande penalidade, e por Marco Baixinho (75’), num encontro em que os da casa estiveram por cima mas não souberam aproveitar a vantagem.

Completa a 32ª jornada (apenas faltam duas), o F. C. Porto lidera com 79 pontos e é campeão, à frente do Benfica (71), enquanto se segue o Sporting (59), Sporting de Braga (57), Famalicão (52), Rio Ave (51), Guimarães (46), Moreirense (43), Gil Vicente (42), Santa Clara (41), Boavista e Marítimo (38),Paços Ferreira (35), Belenenses SAD (32), Tondela, Setúbal e Setúbal (30) e o Aves (17).

Nos melhores marcadores, tudo normal, com Vinícius (Benfica), no comando (17 golos), os mesmos que Paulinho (Sporting de Braga) e Pizzi (Benfica), com Taremi (Rio Ave) no quarto (14) e Fábio Abreu (Moreirense), com 12.

A 33ª ronda inicia-se no dia 18 deste mês de Julho, com os jogos Rio Ave-Santa Clara (19h), seguindo-se o Famalicão-Boavista (21h15).

 

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.