Terça-feira 27 de Outubro de 2020

PSG-Bayern Munique na festa final da Champions League em Lisboa, com estreia dos franceses

© José Pedro Gonçalves / JDM

© José Pedro Gonçalves / JDM

Paris Saint Germain e Bayer de Munique vão proporcionar, este domingo, mais uma festa na final de mais uma edição da Liga dos Campeões, desta vez funcionando como que um encontro “privado” no Estádio da Luz, considerando a pandemia vigente mundialmente.

A prova, que se iniciou na época de 1955/56 – com o nome de Taça dos Clubes Campeões Europeus – começou com o primeiro dos 13 títulos conquistados pelo Real Madrid, tendo como palco o Parques dos Príncipes, em Paris.

Dezanove anos depois, foi a vez do Bayern de Munique fazer o hat-trick, vencendo três edições até 1976, com uma equipa liderada por Franz Beckenbauer e com estrelas como Sepp Maier, Gerd Müller, Uli Hoeneß e Paul Breitner, clube alemão que não apenas imitou o trio de vitórias do Ajax, mas que foi inspirado pelo “Futebol Total”.

Na primeira final, o Bayern venceu o Atlético de Madrid; no ano seguinte, o Leeds United foi vencido por 2-0 no Parque dos Príncipes e, no terceiro, o Saint-Étienne foi derrotado no Hampden Park em 1976, tendo os alemães ficado fora da final durante vinte e cinco anos.

Isto porque só voltou à final (e a ganhar) em 2001 e, depois, em 2013, conquistando cinco títulos, que o colocam a par do Barcelona.

Na temporada 1992/93, a competição foi renomeada para Liga dos Campeões da UEFA, passando por algumas mudanças, em especial no que respeitou ao marketing e direitos de TV, graças à parceria da UEFA e da TEAM Marketing AG.

Esta é a história da presença do Bayern na Liga dos Campeões.

Por seu lado, o Paris Saint Germain faz a sua estreia em Lisboa, nesta final nunca encontrada e com pouca história da presença francesa, de que se realça o título conquistado pelo Marselha, em 1993, precisamente no ano que a prova mudou de nome, sendo o único que venceu a competição.

Daí a expectativa da final deste domingo, em especial da propensão do PSG ter afastado, nesta fase disputada em Lisboa, para poder acrescentar o seu nome à lista dos campeões e igualar o feito alcançado, há 27 anos, pelo Marselha.

Está tudo em aberto e a partir das 20 horas (via TVI) o jogo pode ser visto em directo.

Enquanto isso, recorde-se que o Real Madrid já conquistou 13 títulos, seguido do Milão (7), Liverpool (6), Barcelona e Bayern de Munique (5), sendo que o Real Madrid soma 439 jogos nesta competição, à frente do Bayern de Munique (351), Barcelona (319), Manchester United e Juventus (279).

Com mais jogos, Casillas é o líder (181), à frente de Cristiano Ronaldo (174), Xavi (157), Giggs (151) e Raul (144), enquanto nos goleadores Cristiano Ronaldo comanda com 131, seguido de Messi (115), Raul (71), Lewandowski (68) e Benzena (65.

Nas equipas, o Real Madrid é o que mais vezes tomou parte (44), seguido do Benfica (38), Dinamo de Kiev (36), Ajax (35) e Anderlecht (32).

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.