Quinta-feira 26 de Novembro de 2020

Mundial 2021 com seleccionador nacional a apontar ao pódio

Paulo Pereira, seleccionador nacional, acredita que Portugal tem condições para voltar a fazer história e conquistar uma medalha na prova, onde a equipa nacional regressa depois de 18 anos de ausência, na competição que decorreu no nosso país, estando o sorteio da fase final marcado para este sábado (18 horas) no Planalto das Pirâmides de Gizé.

Na antevisão ao sorteio – feita no site da Federação de Andebol de Portugal – Paulo Pereira desvalorizou um pensamento prévio acentuado sobre quem poderão ser os oponentes de Portugal, ao afirmar que “em sorteios nunca espero nada, nem faço qualquer tipo de prognóstico. Só posso aguardar pacientemente pela sorte que o sorteio ditar e começar a trabalhar a partir daí, embora saibamos que há sempre diferentes possibilidades. Mas, sinceramente, nunca perco tempo a pensar nos sorteios. Já sabemos que estamos no Pote 1, que há equipas fortes no Pote 3 e aquilo que tiver que acontecer, acontecerá. Os nossos objectivos não se vão alterar mediante o desfecho do sorteio”.

FP Andebol

FP Andebol

O facto de Portugal estar colocado no Pote 1 dá um certo conforto ao líder da selecção nacional, que garante que há uma razão para isso acontecer, quando diz que “é sempre melhor estar no Pote 1 do que no último mas trabalhámos para que isso tivesse acontecido. Oxalá consigamos manter aquele registo que tivemos no Europeu e na Qualificação para o mesmo e, se assim for, vamos conseguir fazer uma boa prova, certamente”.

Considerando que há sempre “uma pressão” a este nível, Paulo Pereira acrescentou que, quanto aos objectivos, mostrou-se ambicioso e promete trabalho, tendo afirmado que “o objectivo que temos para este Mundial é atingir o pódio. Para muitos poderá ser uma loucura mas nós acreditamos que é possível, pelo menos, propomo-nos a essa meta, e vamos persegui-la. Sabemos que é muito difícil, mas também sabemos que podemos. Misturamos as duas coisas e é quase obrigatório dizer que esse é o objectivo principal. O melhor resultado de sempre de Portugal em Mundiais foi um 12.º lugar, em 2003, e se – no europeu passado – colocámos como objectivo melhorar o 7.º lugar de 2000, seria muito redutor dizer que queremos apenas superar o melhor resultado de sempre em Campeonatos do Mundo”.

Será a primeira vez que um Campeonato do Mundo contará com 32 equipas, 30 das quais já estão confirmadas, faltando apenas os vencedores do Torneio de Qualificação da Confederação de Andebol da América do Sul e Central (SCAHC) e da América do Norte e das Caraíbas (NCAHC).

As 32 equipas serão inicialmente distribuídas por oito grupos preliminares, com quatro equipas cada. As três primeiras equipas de cada grupo (24 no total) irão então avançar para a Main Round, com a equipa de baixo em cada grupo (8) a passar para a President’s Cup. As 24 equipas da ronda principal serão divididas em quatro grupos de seis equipas cada, com as duas primeiras de cada grupo a avançarem para os quartos-de-final, antes das meias-finais e final.

O Egipto, país organizador e que está no pote 2 e na fila 2, terá o direito de escolher um grupo. Depois de o Egipto ter decidido em que grupo quer figurar, as restantes sete nações são então sorteadas, completando o sorteio.

O evento do sorteio será transmitido em directo no canal da Federação Internacional de Andebol no YouTube.

O Campeonato Mundial de Homens da IHF terá lugar no Egipto de 13 a 31 de Janeiro de 2021, em quatro locais, no Indoor Hall do Estádio do Cairo, no The New Administrative Capital Hall, no The 6th of October Hall e no The Borg El Arab Hall.

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.