Quarta-feira 28 de Outubro de 2020

Fernando Pimenta com mais ouro e prata somando 99 medalhas na carreira

Fernando Pimenta alcançou, este sábado, na Taça do Mundo de Velocidade, mais duas medalhas (uma de ouro e outra de prata) e chegou à 99ª da sua carreira, ficando guardado para este domingo a possibilidade de chegar à centena na prova do K1 5000, onde estará na final.

pimenta 2018 maioNeste sábado, Pimenta conquistou a medalha de ouro (K1 1000) e a medalha de prata (K1 500) na competição que decorre na cidade de Szeged (Hungria).

Na única competição internacional de velocidade no ano de 2020, Pimenta venceu no K1 1000, com o tempo de 3.26,48 (depois de 3.52,50 na eliminatória), batendo o húngaro Balint Kopasz (3.26,73). A medalha de bronze foi alcançada pelo também húngaro Adam Varga (3.29.10 minutos).

No K1 500, Pimenta não conseguiu suportar a maior “pressão” do mesmo adversário, ainda que tivesse conquistado a medalha de prata, com 1.38,56 (depois de 1.56,33 na eliminatória e 1.47,15 na meia-final), enquanto Balint (actual campeão mundial) chegou ao fim com 1.36,47, arrecadando o ouro.

O pódio ficou completo com o 3.º lugar de Balazs Birkas (1.38,77), também atleta da Hungria.

Joana Vasconcelos, por seu lado, alcançou a medalha de bronze no K1 200 metros, com 41,20, depois de ter terminado a eliminatória (45,93) e a meia-final (44.37).

Na final, bastante disputada até aos centímetros finais, Joana Vasconcelos garantiu o 3.º lugar do pódio na prova ganha pela húngara Anna Lucz (40.99), enquanto a sueca Moa Wikberg ficou com a medalha de prata, depois de terminar com 41.03 segundos.

No segundo dia de competição da Taça do Mundo de Velocidade, Joana Vasconcelos também participou na meia-final da prova de K1 500 metros, que venceu com o registo de 1.51,29.

Neste domingo, Joana vai competir na final, que está marcada para as 09h42 (hora portuguesa).

Depois de ter conquistado a medalha de prata na prova de VL2 200 metros, Norberto Mourão competiu, este sábado, na prova-teste de VL2 500 metros, tendo o paracanoísta luso terminado no 3.º lugar, com o registo de 2.39,88, atrás dos russos Igor Korobeynikov (2.34.83 minutos) e Roman Serebryakov (2.37,82).

Aguardemos pela exibição de Fernando Pimenta para este domingo, onde poderá chegar à centésima medalha da sua já longa carreira ao mais alto nível.

© 2020 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.