Sexta-feira 09 de Maio de 1174

Samuel Barata e Salomé Rocha campeões de Portugal dos 10.000 metros em Coimbra

FPA

FPA

Samuel Barata (Benfica) e Salomé Rocha (Sporting) conquistaram os títulos de campeões de Portugal dos 10.000 metros, competições disputadas, este sábado, no Estádio Municipal de Coimbra

O atleta benfiquista, na última prova do programa, protagonizou um dos melhores resultados do meio-fundo português nos últimos anos, chegando à meta com o tempo de 28.03,94, melhorando em mais de 26 segundos o seu recorde pessoal e ficando muito perto de baixar dos 28 minutos, o melhor registo português dos últimos 15 anos.

Foi excelente o trabalho da “lebre” de serviço, Hoseas Kiplangat, até aos oito quilómetros nesta corrida, onde os cinco primeiros também alcançaram recordes pessoais, como foram os casos de Miguel Marques (Sporting), com 29.01,65; João Pedro Pereira (Vitória FC), com 29.22,03; Miguel Borges (4Run), com 29.22,83; Filipe Vitorino (CN Rio Maior), com 29.27,19, registando-se que os 11 primeiros baixaram dos 30 minutos.

FPA

FPA

Na competição feminina, triunfo normal de Carla Salomé Rocha (Sporting), com 33.18,73, à frente de Emília Pisoeiro (RD Águeda), com 33.52,59, e de Susana Francisco (Sporting de Braga), com 33.53,13.

Apenas terminaram a prova seis das sete atletas que participaram.

Antes da competição, foi realizada a cerimónia de inauguração da requalificação da pista de Coimbra, com a presença do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do secretário de Estado do Desporto e Juventude, João Paulo Rebelo, do presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, do vereador do Desporto, Carlos Cidade, do presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira, do presidente da Associação de Atletismo de Coimbra, David Soares, na presença dos atletas olímpicos Carlos Lopes, Fernanda Ribeiro e José Carvalho.

 

Ana Cabecinha e João Vieira revalidam títulos na Marcha

Atl-JoãoVieira-10-04-2021 Almeirim foi a cidade escolhida para acolher, também este sábado, os Campeonatos Nacionais de Marcha em Estrada 20 km, numa organização da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) e da Associação de Atletismo de Santarém, com o apoio da Câmara Municipal de Almeirim.

João Vieira (Sporting) venceu pela 9.ª vez consecutiva, carimbando o 60º título nacional, com o tempo de 1h26m35s, numa prova que liderou desde o seu início. Em segundo lugar, classificou-se Manuel Marques, do Atlético Clube da Póvoa de Varzim, com o tempo de 1h34m14s. Fechou o pódio Ruben Santos, também do Sporting, sendo o primeiro classificado Sub-23, com a marca de 1h37m57s.

No lado feminino, Ana Cabecinha, do Clube Oriental de Pechão,Atl-AnaCabecinha-10-04-2021 renovou também o título de campeã nacional, em 1h35m46s, numa prova que dominou desde a partida, aumentando a distância em relação ao segundo grupo – liderado pela colombiana Arabelly Orjuela e no qual seguiram também a Sub-23 Maria Bernardo (COPechão), Carolina Costa (Sporting), Inês Mendes e Inês Henriques, ambas do Clube de Natação de Rio Maior – a cada quilómetro que completava. Arabelly Orjuela e Maria Bernardo descolaram na recta final, levando a atleta do COP a melhor sobre a colombiana, terminando na segunda posição – primeira Sub-23 – em 1h36m30s, marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Equipas. Fechou o pódio nacional Carolina Costa (1h37m25s), quarta classificada na geral.

No final, Ana Cabecinha mostrou-se bastante satisfeita não só “pela revalidação do título, que era o objetivo”, mas também pela confirmação da marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Equipas em Marcha, que se realiza em Proděbrady, República Checa, a 16 de Maio, principalmente por tal ter acontecido numa fase menos positiva a nível pessoal. “Pensei em não estar presente devido ao facto de o meu pai estar hospitalizado, mas ele fez-me prometer que vinha e, por isso, esta vitória é para ele”, declarou.

A atleta do COP, que também começou o ano a testar positivo à COVID-19, garante que está totalmente “focada em fazer uma grande marca em Maio, nos campeonatos da Europa”, para depois se dedicar ao grande objectivo, que “são os Jogos Olímpicos de Tóquio”.

Na prova extra de 10 km, destaque, do lado masculino, para o júnior Pedro Dias, do Clube Oriental de Pechão, que venceu a prova em 45m05s, alcançando a marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Equipas em Marcha.

Do lado feminino, a júnior Adriana Viveiro, da ADRAP, venceu a prova em 48m24s, conseguindo também a marca de qualificação para os europeus de equipas em marcha.

© 1174 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.