Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Madeira SAD conquistou a Taça de Portugal 2020/2021 de Andebol

FPA

FPA

A equipa do Madeira SAD conquistou a Taça de Portugal de Andebol na época que ora termina, vencendo, na final, este domingo, a formação do Alpendora por 26-24.

O Pavilhão dos Desportos de Vila Real foi o palco desta final, num início de encontro bastante ansioso por parte das duas equipas, com o primeiro golo a surgir na partida pela mão de Greyce Santos, perto dos três minutos do encontro.

Sara Brás, da formação de Alpendorada conseguiu voltar a empatar a partida mas, com um parcial de 3-0, à passagem dos oito minutos, o Madeira SAD passou definitivamente para o comando (1-5). Minutos mais tarde, e ainda com as insulares na liderança, Alexandre Monteiro, levou o seu primeiro time-out à mesa para tentar algum acerto ofensivo na partida, já que o marcador se encontrava a 3-7.

Na retoma, o Alpendorada mostrou sinais de recuperação anímica e, conseguiu aproximar o resultado, ficando com apenas dois golos de diferença, com uma grande prestação defensiva, mantendo-se perto até aos 22 minutos. Por esta altura, as insulares conseguem passar para quatro golos de vantagem, conseguindo solucionar no ataque o sistema defensivo 3×3 do Alpendorada. Com dois minutos a faltar para o intervalo, António Florido, técnico do Madeira SAD, levou o seu primeiro cartão verde à mesa e acabou por sair para o descanso a vencer por 13-16.

Foi uma entrada fulgurante no segundo tempo, com a formação madeirense a conquistar mais dois golos de vantagem, no entanto, o Alpendorada soube responder, com um parcial de 3-0 e voltou a aproximar o resultado, com a possibilidade de reduzir para a margem mínima, perto dos 40 minutos, mas Leonor Gonçalves acabou por falhar um remate isolado.

Em resposta, as madeirenses voltaram a passar para três golos de vantagem, o que levou Alexandre Monteiro a colocar o seu primeiro time-out, nesta segunda parte. No entanto, o rumo do encontro manteve-se intacto e o Madeira SAD conseguiu manter a distância, ampliada para quatro golos (19-23). António Florido levou o seu cartão verde à mesa, perto dos 50 minutos do encontro e, em resposta foi mesmo o Alpendorada quem conseguiu aproximar o resultado, reduzindo para a margem mínima (23-24) à passagem dos 24 minutos do encontro. O técnico da formação marcoense colocou time-out quando faltava apenas minuto e meio para o final do encontro, jogados com grande intensidade, que culminaram com a vitória do Madeira SAD por 24-26.

O Madeira SAD conquistou a 19ª Taça de Portugal da sua história, recebida pela mão de Augusto Silva, Vice-Presidente da Federação de Andebol de Portugal e José Maria Magalhães, Vereador da Câmara Municipal de Vila Real.

O Alpendorada entrou a jogar com Mariana Costa, Ângela Pessoa, Margarida Morais, Rita Guimarães, Sara Brás, Leonor Gonçalves e Ana Silva; enquanto o do Madeira SAD alinhou com Nádia Nunes, Mariana Azevedo, Neide Duarte, Odete Tavares, Luana Jesus, Petra Dicak e Greyce Santos.

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.