Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Pedro Pichardo com a melhor marca mundial do ano no triplo salto

DR

DR

Pedro Pichardo (Benfica), tornou-se, em Madrid (Espanha), o líder mundial do triplo salto, ao conseguir o registo de 17,69, com vento regulamentar, marca alcançada no quinto ensaio, prova ganha por Fabrice Zango (Burquina Fasso), com 17,83, ainda que com vento anti-regulamentar.

Na mesma prova, Tiago Pereira (Sporting) saltou 16,96, não conseguindo chegar aos mínimos (17,14) para os Jogos Olímpicos, ainda que tenha tido, em Lisboa, um salto a 16,97 (há uma semana), ainda insuficientes para atingir o objectivo.

Na competição feminina, Patrícia Mamona (Sporting) melhorou a sua marca deste ano para 14,47, prova que foi ganha pela venezuelana Yulimar Rojas (15,34).

Nos 200 metros, Lorène Bazolo (Sporting) foi 6ª nos 200 metros (23,33), o que também é o melhor registo pessoal deste ano.

Entretanto, Luvo Manyonga (África do Sul), vice-campeão olímpico do salto em comprimento, foi suspenso por mais quatro anos, por falhas nos procedimentos de localização, pelo que não estará nem em Tóquio (este ano) nem em Paris (2024).

Sporting (masculino) e Benfica (Feminino) sagraram-se campeões nacionais de sub20

Atl-Sporting-Sub20-20-06-2021

FPA

Atl-BenficaSub20-20-06-2021

FPA

Sporting conquistou, este domingo, no Estádio Municipal Manuela Machado (Viana do Castelo) mais um título de campeão nacional (masculinos) de Sub20, tendo somado 220 pontos, contra 186,5 do Benfica e 139 do Juventude Vidigalense.

Na competição feminina, o triunfo foi alcançado pelo Benfica (218,5), seguindo-se a Juventude Vidigalense (198,5) e o Clube de Futebol de Oliveira do Douro.

Ana Silva, do Maia Atlético Clube, sagrou-se campeã dos 3.000 metros com o tempo de 9.47,47s, recorde pessoal e marca de qualificação para os europeus de juniores, que se realizam em Tallin, na Estónia, de 11 a 18 de Julho.

Leonor Ferreira (Benfica), que já tem marca de qualificação para os europeus, venceu os 200 metros com 25,13s, que somou ao dos 100 metros.

Duarte Fernandes (Sporting) conquistou o título nos 400 metros barreiras, com a marca de 53,78s, recorde pessoal, a apenas 28 centésimos da marca de qualificação para os europeus de Tallin, que soma ao título de 400 metros conquistado na jornada de sábado, sendo de referir que Diogo Barrigana (Benfica), o mais candidato ao título, que já tem marca de qualificação para os europeus, foi desclassificado por falsa partida.

Nos lançamentos, destaque para Marta Faria (Grupo Desportivo do

Estreito), com 42,08 metros, sagrou-se campeã nacional, com recorde pessoal.

No salto em altura sagrou-se campeão nacional sub-20 Gonçalo Cardoso (Clube de Atletismo de Seia, com o registo de 1,93 metros.

De referir ainda os títulos de campeões nacionais sub-20 em provas combinadas que, em masculinos, foi conquistado por João Oliveira (NDJL-ST), com 6.574 pontos e, em femininos, por Vera Monteiro (CFOD), com 4.445 pontos.

Participaram nesta edição dos Campeonatos Nacionais Sub-20, que se realizou pela primeira vez em Viana do Castelo e ficou marcada pelo regresso do público ao atletismo português, 453 atletas de 99 clubes, em representação de 18 das 22 associações de atletismo.

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.