Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Judo juntou-se oficialmente à Equipa Portugal que vai aos Jogos Olímpicos

COP

COP

O Judo juntou-se oficialmente à Equipa Portugal que participará nos Jogos Olímpicos Tóquio 2021, após a publicação do ranking de qualificação olímpica, que confirma a inclusão de oito judocas nacionais: Anri Egutidze (-81kg), Bárbara Timo (-70kg), Catarina Costa (-48kg), Joana Ramos (-52kg), Jorge Fonseca (-100kg), Patrícia Sampaio (-78kg), Rochele Nunes (+78kg) e Telma Monteiro (-57 kg).

Sobe assim para 16 o número de modalidades oficialmente confirmadas na Equipa Portugal que estará no Japão, entre 23 de Julho e 8 de Agosto de 2021, num total de 82 vagas conquistadas: Andebol, Atletismo, Canoagem (sprint e slalom), Ciclismo (estrada, pista e XCO), Equestre (dressage e obstáculos), Ginástica (artística e trampolins), Judo, Natação, Remo, Skate, Surf, Taekwondo, Ténis de Mesa, Tiro com Armas de Caça, Triatlo e Vela.

O Andebol garantiu a sua primeira presença numa edição dos Jogos Olímpicos, após o 2.º lugar alcançado no seu grupo do Torneio de Qualificação disputado em França.

No Atletismo, com marcas de qualificação para Tóquio 2020 estão Ana Cabecinha (20km marcha); Auriol Dongmo e Francisco Belo (lançamento do peso); Carla Salomé Rocha, Sara Catarina Ribeiro e Sara Moreira (as três na maratona); João Vieira (50km marcha); Evelise Veiga, Pedro Pablo Pichardo e Patrícia Mamona (os três no triplo salto); Liliana Cá (lançamento do disco); e Cátia Azevedo (400 metros).

Fernando Pimenta (K1 1000), Teresa Portela (K1 200), o K4 500 masculino (composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela) e Joana Vasconcelos (K1 500), em Canoagem sprint, e Antoine Launay (K1 1000), em Canoagem slalom, asseguraram cinco vagas, implicando neste caso a presença de oito atletas.

O Ciclismo de pista feminino português marcará presença nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, em Omnium, com Maria Martins, depois de ter posicionado Portugal no 9.º lugar do ranking de qualificação olímpica. Fazem parte da disciplina de Omnium o scratch, eliminação, tempo e a corrida por pontos.

O Ciclismo de estrada garantiu duas vagas, por ranking, que serão preenchidas por João Almeida e Nelson Oliveira, com participação prevista na prova em linha e na prova de contrarrelógio individual.

Em Cross Country feminino foi garantida mais uma vaga através do ranking da UCI e Raquel Queirós é a eleita.

Luciana Diniz ganhou para Portugal o direito a uma vaga na disciplina Equestre de saltos de obstáculos. Quatro cavaleiros – Duarte Nogueira, Rodrigo Torres, João Torrão e Maria Caetano – conseguiram lugar em Tóquio para a equipa de dressage. Em competição nos Jogos Olímpicos entrarão João Torrão, Maria Caetano e Rodrigo Torres, em reserva estão Carlos Pinto (1.º) e Vasco Mira Godinho (2.º).

Filipa Martins assegurou presença para a Ginástica Artística feminina nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, no concurso all-around. A prova de trampolim individual masculino terá também um representante português, em vaga assegurada e preenchida por Diogo Abreu.

A Natação Pura tem nove lugares garantidos por Diana Durães (1500m livres), Ana Catarina Monteiro (200m mariposa), Gabriel Lopes (200m estilos), Alexis Santos (200m estilos), Tamila Holub (1500m livres e 800m livres), José Paulo Lopes (800m livres) e Francisco Santos (200m costas). Nas águas abertas será Angélica André a representante nacional na prova feminina, juntando-se Tiago Campos na competição masculina.

O Remo juntou-se à Equipa Portugal com o resultado alcançado pela dupla de LM2x Pedro Fraga-Afonso Costa na prova europeia de qualificação.

Frederico Morais tem vaga nominal na representação do Surf, conquistada nos World Surfing Games de 2019, por ter sido o melhor participante europeu. Na vertente feminina estarão presentes Teresa Bonvalot, 3.ª classificada, e Yolanda Hopkins, 2.ª classificada no Campeonato do Mundo 2021.

O Taekwondo estará presente nos Jogos Olímpicos em Tóquio, depois da vaga conquistada na categoria de -58kg por Rui Bragança, no Torneio Europeu de Qualificação.

O Ténis de Mesa português também marca lugar nos Jogos Olímpicos, na competição de equipas masculinas – com Marcos Freitas, Tiago Apolónia (ambos participarão também na prova de singulares), João Monteiro e João Geraldo (este como reserva) -, na sequência da passagem bem-sucedida pelo torneio de qualificação disputado em Gondomar. Fu Yu qualificou-se para o torneio individual feminino, depois da medalha de ouro conquistada nos Jogos Europeus de Minsk 2019, e Jieni Shao juntou-se-lhe pela sua posição no ranking.

O Triatlo conseguiu três lugares no ranking de qualificação; João Pereira e João Silva repetem presença nos Jogos Olímpicos, depois do Rio 2016, no caso do primeiro, e de Londres 2012 e Rio 2016, no caso do segundo; Melanie Santos fará a sua estreia olímpica em Tóquio 2020.

No Tiro com Armas de Caça, a única vaga foi conquistada por João Paulo Azevedo.

A Vela estará representada nas classes 49er – vaga conseguida por Jorge Lima-José Costa -, 470 – fruto do 2.º lugar dos irmãos Costa (Diogo e Pedro) no Mundial – e também em Laser Radial com Carolina João.

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.