Sexta-feira 06 de Agosto de 2021

Novos campeões e novos recordes pessoais nos Campeonatos de Portugal, na Maia

Atl-MarianaMachado-5000-CamPortugal-26.06.2021O Estádio Dr. José Vieira de Carvalho (Maia) foi palco, este sábado, da primeira jornada do Campeonato de Portugal de Atletismo (masculino e feminino), onde se registaram algumas vitórias surpresa e, melhor do que isso, mais alguns recordes pessoais foram alcançados, sinal da evolução constante na modalidade.

Uma das principais surpresas foi o triunfo do sportinguista Miguel Marques, que cobriu os 5.000 metros no tempo de 13.51,11 (recorde pessoal), batendo – com um prolongado sprint de 400 metros – o benfiquista Samuel Barata, que liderava o ranking deste ano, conquistando o primeiro título de campeão de Portugal.

No lado feminino, a sub-23 Mariana Machado, do Sporting de Braga, voltou a bater o seu recorde pessoal na distância, retirando agora dez segundos à marca obtida na semana passada no Meeting de Braga, que a coloca no quarto lugar das melhores de sempre em sub-23, fixando-o em 15m42,23, que já tinha marca de qualificação para os europeus de esperanças, tal como a vice-campeã, a também sub-23 Lia Lemos (Maia), que realizou a prova em 16m08,33s, também recorde pessoal.

Nos 10 000 metros marcha, Rui Coelho (Clube de Atletismo de Seia), bateu o seu recorde pessoal na distância, conquistando o seu primeiro título de Campeão de Portugal, com o tempo de 42m24,28s.

Do lado feminino, Ana Cabecinha (Clube Oriental de Pechão), que já tem marca de qualificação para Tóquio, nos 20 km marcha, carimbou o seu 11.º título de Campeã de Portugal, com a marca de 43m54,05s.

Outra surpresa destes campeonatos foi protagonizada por Ícaro Miranda, no salto com vara, que conquistou, com a marca de 5 metros, o primeiro título de Campeão de Portugal, regressando da melhor forma à competição após lesão grave no joelho.

No triplo salto masculino, Tiago Pereira (Sporting), revalidou o título de Campeão de Portugal, com a marca de 16,03 metros, levando a melhor sobre o recordista destes campeonatos e campeão olímpico em 2008, Nélson Évora, que se sagrou vice-campeão, com a marca de 15,78 metros, atletas que estão em posição de se qualificarem, pelo ranking mundial.

Nos 400 metros (femininos), a recordista nacional na distância continua imparável, naquela que é a sua melhor temporada de ar livre de sempre, sagrando-se Campeã de Portugal, pela sétima vez consecutiva, com a marca de 61,53s, recorde destes campeonatos, igualando, assim, o número de vitórias de Elsa Amaral e de Maria do Carmo Tavares.

A júnior Sofia Lavreshina (Juventude Vidigalense), que no fim-de-semana passado se sagrou campeã nacional de Sub-20 nos 400 metros e 400 metros barreiras, fechou o pódio com o tempo de 55,14s, recorde pessoal e marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Sub-20, que se realizam entre 15 e 18 de julho, em Talin, na Estónia.

Atl-MiguelMarques-5000-CamPortugal-26.06.2021Nos 100 metros masculinos, Carlos Nascimento (Sporting), voltou aos títulos, depois de 2012 e 2018, e sagrou-se nesta edição Campeão de Portugal pela terceira vez, com a marca de 10,40s.

Do lado feminino, a recordista de Portugal e destes campeonatos, Lorene Bazolo (Sporting), venceu o duelo com Aralis Martinez, do Benfica, com o tempo de 11,44s.

No disco, a recordista de Portugal e líder do ranking nacional, Liliana Cá, atleta do Novas Luzes que já tem marca de qualificação para os Jogos Olímpicos, sagrou-se Campeã de Portugal, com a marca de 61,51 metros, num duelo com Irina Rodrigues (Sporting), que, com a marca de 59,19 metros, que foi segunda.

No lançamento do peso, o duelo foi entre o recordista de Portugal de pista coberta, Francisco Belo, que já tem marca de qualificação para Tóquio, e o seu colega de equipa (Benfica), o recordista e hexacampeão de Portugal ao ar livre, Tsanko Arnaudov, com o primeiro levar a melhor, com a marca de 20,63 metros. Tsanko terminou em segundo lugar, com a marca de 20,23s.

No salto em comprimento, Evelise Veiga (Sporting), que também já tem marca de qualificação para os Jogos de Tóquio, mas no triplo salto, venceu o seu sexto campeonato de Portugal, com a marca de 6,44 metros, à frente deYariadmis Arguelles, com 6,42 metros.

No lançamento do dardo, Leandro Ramos (Benfica), revalidou o título de Campeão de Portugal, com a marca de 74,76 metros.

De sublinhar a conquista do 20º título de Campeã de Portugal, o 18.º consecutivo para a recordista de Portugal no lançamento do martelo, Vânia Silva (Sporting), com a marca de 58,62 metros.

No salto em altura, Anabela Neto (Sporting), carimbou o oitavo título consecutivo de Campeã de Portugal, com a marca de 1,82 metros, melhor marca da temporada e a sua segunda melhor nestes campeonatos.

Nos 800 metros masculinos, José Carlos Pinto (Benfica), venceu com 1m49,03s.

Do lado feminino, venceu a sub-23 da GRE-AA, Francisca Cantante, com a marca de 2m09,42s.

 

Ateltismo Adaptado: Mamodu Baldé em destaque

 

No atletismo adaptado, destaque para Mamodu Baldé, da Associação Jorge Pina, que se sagrou campeão de Portugal (T51), com a marca de 15,64s, nos 100 metros, e vice-campeão de Portugal nos 200 metros, 30,79s.

Mário Trindade venceu a classe T52, com o tempo de 19,99s, nos 100 metros.

Na classe T54, triunfo para João Correria, com o tempo de 26,05s.

Abubacar Turé, do CCSJM, conquistou o título de campeão de Portugal, com o tempo de 12,17s, nos 100 metros na classe surdos. Nos 400 metros classe T20, venceu Carlos Lima, da ACM-A, com a marca de 52,82s. Nos 200 metros, na classe T51, venceu Hélder Mestre, com a marca de 56,69s. Na classe T54 dos 200 metros ganhou Rafael Neto, da Associação Jorge Pina. Francisco Laranjeira, do GDD, venceu nos 5000 metros, classe surdos.

Do lado feminino, o salto em comprimento T20 foi ganho por Claúdia Santos, do JOMA, com a marca de 5,08 metros. Sara Araújo, do SCB, ganhou os 100 metros T12. A sua colega de equipa, Márcia Araújo, ganhou nos 400 metros T12.

A segunda jornada efectua-se este domingo, a partir das 16 horas, podendo ser seguida pelo facebook da Federação Portuguesa de Atletismo.

 

© 2021 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.