Quinta-feira 17 de Janeiro de 2554

Benfica e Sporting com sortes distintas na Liga Europeia de Andebol

Andebol_sporting_pelister_EHFOs encarnados venceram na recepção aos finlandeses do Cocks; Leões não foram além do empate a 27 golos com o HC Eurofarm Pelister.

No Pavilhão da Luz, os encarnados receberam o Riihimaki Cocks da Finlândia, num encontro que começou favorável à formação de Chema Rodriguez. Jonas Kallman assinou o primeiro, naquele que foi um parcial de três golos sem resposta e com 10 minutos corridos, as Águias ainda não tinham permitido a aproximação do adversário, vencendo por 6-2.

Com o desenrolar do jogo, o Benfica conseguiu ampliar a vantagem mas quando o cronómetro assinalava 15 minutos, os finlandeses começaram a crescer no encontro, concretizando um parcial de quatro golos, o que levou o resultado a 10-8. Nos restantes minutos do primeiro tempo, os encarnados conseguiram recuperar e conseguiram sair para o descanso na liderança, com 17-12 no placar e o último golo a ser assinado por Bélone Moreira.

Na segunda metade do jogo, o Cocks entrou determinado em recuperar da desvantagem e, com um parcial de 3-0, conseguiu aproximar o resultado a 19-15. No entanto, os encarnados voltaram a acelerar e, minutos mais tarde, já tinham conquistado 10 golos à maior, com o placard a assinalar 28-18.

Até ao final do jogo, o Benfica foi ampliando a diferença, fechando e encontro a 37-23 e aproveitou para somar pontos numa jornada em que HBC Nantes e GOG (que também eram líderes do Grupo B) empataram a 29 golos. As águias partilham agora a liderança do Grupo B com TBV Lemgo Lippe, com oito pontos.

O melhor jogador em campo foi Ole Rahmel 13 golos (93% de eficácia).

No Pavilhão João Rocha, a entrada dos Leões no encontro frente aos macedónios não foi a desejada e, apesar de Natan Suarez ter aberto o activo, o Pelister acabou por conquistar um parcial de três golos, levando o encontro a 1-3. Com 10 minutos volvidos, a distância mantinha-se inabalável mas, oito minutos mais tarde, a equipa de Ricardo Costa conseguiu chegar ao empate, a oito golos, através de Jens Schongarth, pela primeira vez.

A formação verde e branca ainda chegou, novamente, à igualdade (9-9) mas os macedónios acabaram por sair na frente, muito por culpa de Marton Szekely, que esteve muito seguro na baliza do Pelister. As equipas foram para o descanso com o marcador a assinalar 14-16.

Durante a parte inicial da etapa complementar, a equipa do Pelister manteve três golos de vantagem mas, a partir dos 45 minutos o Sporting conseguiu iniciar a sua aproximação. O empate acabou por surgir mais tarde, através de Josep Folques, a 25 golos mas, na sequência, os macedónios voltaram a conquistar dois golos à maior. Na recta final, Jens Schongarth selou o empate a 27 golos com o Sporting a beneficiar de um remate falhado do adversário nos últimos instantes.

O melhor jogador em campo foi Reinier Taboada 7 golos (78% de eficácia).

© 2554 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.