Domingo 17 de Janeiro de 2940

EDP Grande Prémio de Natal em Lisboa está esgotada

edp lisboa premio natalA prova mais natalícia da capital portuguesa realiza-se no próximo domingo, às 10h30, entre Benfica e os Restauradores, tendo a contagem máxima de atletas no quadro das directivas elaboradas pela Direcção Geral de Saúde.

A 63ª edição da corrida EDP Grande Prémio de Natal decorre este domingo, (12 de Dezembro), pelas 10h30. Com partida em Benfica e meta nos Restauradores, esta corrida mantem o seu cariz popular, mas promete mais uma vez uma interessante vertente competitiva, entre atletas da elite nacional, representantes de diferentes clubes desportivos.

Para Carlos Móia, Presidente do Maratona Clube de Portugal, “depois de um ano de interregno, devido à pandemia, fico especialmente satisfeito por podermos voltar a organizar esta corrida e por termos esgotado as inscrições. O Maratona Clube de Portugal organiza o EDP Grande Prémio de Natal, desde 2015, em parceria com a Associação de Atletismo de Lisboa e com o patrocínio da EDP. É com muita satisfação que o Maratona Clube de Portugal promove a modalidade e o exercício físico, através desta corrida. O percurso é magnífico, percorre algumas das artérias mais bonitas do “coração” de Lisboa. É sem dúvida uma corrida singular, com muita história e uma boa forma de entrar na época natalícia”.

Especial nota para as presenças de Rui Pinto, Fernando Serrão e Miguel Borges (Sporting) e ainda de Hermano Ferreira (Casaense). No pelotão feminino destacam-se as participações de Sara Moreira (Sporting) e das atletas Solange Jesus e Susana Godinho, ambas do Feirense. Entre os atletas de elite inscritos, apenas quatro já venceram a tradicional prova da capital: Sara Moreira por duas ocasiões (2015 e 2017) Hermano Ferreira (2012) e Andralino Furtado (2018).

O levantamento dos kits de participação é feito na SportExpo, que se realiza no Museu da Electricidade, Avenida Brasília, próximo da estação fluvial de Belém, em Lisboa, entre as 10h00 e as 20h00, nos dias 10 e 11 de Dezembro.

Em conformidade com o plano de contingência, acordado com as autoridades, para o levantamento dos kits será necessário apresentar o comprovativo de inscrição com o número de dorsal (PDF enviado por email) e também o certificado de vacinação/recuperação ou um teste negativo, válido à data da prova. Os testes poderão ser antigénios (válidos 48 horas) ou PCR (válidos 72 horas), mas têm que ser válidos à data da prova e acompanhados de um documento oficial com o resultado negativo. Não são aceites testes rápidos feitos pelos próprios atletas.

O levantamento de kits deverá ser preferencialmente feito pelo próprio participante. No entanto, podem ser levantados por terceiros, desde que sejam apresentados, além do comprovativo de participação, também o certificado de vacinação/recuperação ou o teste negativo válido, de todos os participantes.

Não são entregues kits de participação ou dorsais no dia da prova. Nem se enviam kits pelo correio.

As acreditações da imprensa serão feitas, no dia da corrida, junto à meta, com elementos da organização.

O Maratona pretende promover a prática desportiva, mas sempre em cumprimento com as regras de segurança sanitária e prevenção definidas pelas entidades competentes. A organização apela aos participantes que cumpram as normas em vigor, durante a sua corrida.

 

© 2941 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.