Segunda-feira 05 de Dezembro de 2022

APCVD, Federações e Liga acertaram plano de ação comum para segurança e hospitalidade nos espetáculos desportivos.

APCVD-Violência-Reunião-28-09-2022A Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto reuniu, esta quarta-feira, em Viseu, com representantes da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Federação de Andebol de Portugal, Federação de Patinagem de Portugal, Federação Portuguesa de Futebol e Federação Portuguesa de Voleibol.

De acordo com o comunicado emitido pela APVCD, foram acordadas as seguintes linhas orientadoras para um plano de ação conjunto, em linha com a Nota informativa 1/2022 difundida previamente pela APCVD:

1. Harmonização de procedimentos de entrada e acolhimento de adeptos, de forma a permitir a criação de um ambiente familiar nos espetáculos desportivos e previsibilidade nas regras, sem descurar a componente de segurança e proteção. Implicará designadamente a revisão e harmonização de procedimentos a aplicar pelos promotores (clubes). Está em causa a discussão de diferentes regras e procedimentos previstos nos regulamentos de segurança, comunicação aos adeptos, reserva de capacidade nos diversos setores para gestão de incidentes, gestão adequada da distribuição de convites ou vouchers de patrocinadores;

2. Esforço conjunto para capacitação dos gestores de segurança e oficiais de ligação aos adeptos, especialmente nas competições profissionais e nos espetáculos desportivos de risco elevado. É objetivo conferir-lhes maior capacidade de gestão dinâmica dos riscos de segurança e maior capacidade de comunicação e gestão da relação com os adeptos, nomeadamente através de uma ação de formação específica para essa finalidade, disponibilizada pela APCVD e divulgada pelos organizadores de competições;

3. Capacitação dos clubes e apoio na adequação dos recintos desportivos, visando o incremento das condições de hospitalidade a todos os adeptos, bem como a adoção de respostas eficazes para identificação e responsabilização dos agressores. Pretende-se substituir uma abordagem centrada nos adeptos de risco por uma abordagem focada na maioria dos adeptos, que equilibre o bem-estar com as condições de segurança e meios de identificação e responsabilização dos responsáveis por atos de violência e intolerância.

4. Promoção e desenvolvimento de ações educativas e de prevenção, bem como campanhas de sensibilização que inspirem uma cultura de hospitalidade, fomentando o orgulho recíproco de bem receber e um convívio saudável entre adeptos.

Os presentes reconheceram a importância de unir esforços na construção de uma cultura de hospitalidade e respeito mútuo, em que os adeptos se sintam seguros, confortáveis e bem recebidos. Para tal, destaca-se o compromisso dos organizadores de competições em trabalhar conjuntamente com os clubes na implementação das medidas acordadas nas respetivas modalidades e competições, contando com a colaboração da APCVD.

Ficou ainda acordado que este grupo reunir-se-á periodicamente, dando continuidade à colaboração multi-institucional que saiu reforçada nesta sessão.

Por motivos de última hora, a Federação Portuguesa de Basquetebol não teve possibilidade de se fazer representar na reunião.

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.