Segunda-feira 22 de Julho de 2024

Benfica passou em Vizela à tangente (2-1) para a Liga Betclic

Alcochete, 26/04/2023  nova bola Puma da Liga Portugal

(Liga Portugal)

O Benfica acabou, este sábado, por cumprir mais um jogo com sabor a vitória, vencendo um empenhado Vizela, mas pouco “atrativo” no espetáculo, face à qualidade apresentada pelos encarnados, que acabou num triunfo por 2-1, depois de estar a ganhar 2-0 ao intervalo.

Entrando de rompante, os homens de Roger Schmidt tentaram sair para um golo rápido, criaram superioridade, criaram oportunidades, mas só aos 9’ conseguiram marcar, depois de Kokcu lançar Rafa e este reenviar para Musa, que rematou forte, a bola tabelou num defesa (e enganou o guardião) e entrou na baliza, fazendo o 1-0.

Logo depois, o Benfica rematou ao poste (11’) e aos 16’ o 2-0 voltou a estar à vista, mas o passe de Di Maria perdeu-se.

Kokcu (27’) rematou forte, mas a bola passou ao lado do poste, para (39’) Di Maria chegar ao 2-0 na marcação de um livre direto, fora da grande área mas em zona frontal à baliza, fazendo um remate em jeito, levando a bola a fazer um arco pela esquerda, desviar num defesa, enganar o guardião e entrar na baliza.

No segundo tempo, o Benfica continuou a dominar, ainda que sem conseguir marcar, acabando por sofrer o 2-1, num contra-ataque perpetrado pela equipa vizelense e que deu numa grande penalidade, por falta de Aursnes ante um atacante do Vizela.

Chamado à cobrança, Samu (70’) rematou para um lado e o guarda-redes foi para o outro, no que foi a estreia do novo guardião benfiquista, o ucraniano Trubin.

A superioridade benfiquista – confirmada pelos 18-13 remates, dos quais 6-2 para a baliza e uma posse de bola de 70/30%, ainda que com uma exibição não muito colorida – manteve-se, até final, num encontro que teve mais dez minutos de compensação, mas o resultado manteve-se e os encarnados regressaram a Lisboa com mais três pontos na bagagem.

O Rio Ave recebeu e empatou (1-1) ante o Famalicão, com golos de Topic (49’ em autogolo) e de Jhonder Cadiz (11’), num encontro em que os visitantes jogaram mais para ganhar (13-5 em remates, dos quais 5-1 para a baliza), mas em que os avenses tiveram mais posse de bola (57/43%), resultando na igualdade.

A surpresa deste sábado foi a derrota do Sporting de Braga na visita feita aos leões do Algarve (Farense), que perdeu por um expressivo 3-1, depois de 2-0 ao intervalo.

Com supremacia nos remates 18-16 (dos quais 5-4 para o Farense na relação com a baliza) e na posse de bola 62/38%, os bracarenses não conseguiram dar a volta ao texto e foram apanhados com a segunda derrota.

Os golos foram marcados por Bruno (31’), Rui Costa (44’) e Belloumi (58’) para o Farense, enquanto Simon Banza (56’) obteve o golo de honra para os bracarenses.

Neste domingo jogam: Arouca-Casa Pia e Gil Vicente-Estoril (15h30), Guimarães-Portimonense (18h) e Sporting-Moreirense (20h30). O Boavista-Chaves (segunda-feira, 20h15) encerra esta 5ª jornada.

© 2024 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.