Segunda-feira 27 de Maio de 2024

Croácia chutou britânicos e estreia-se na final

Mundial da Rússia’2018

A Croácia chegou à final do mundial de futebol Rússia’2018, o que se verifica pela primeira na sua história, o que é o facto de maior relevo nesta competição, que teve de tudo um pouco (e ainda falta saber quem ganha!).

DR / FIFA World Cup

DR / FIFA World Cup

Na segunda meia-final, esta quarta-feira, no Lukzniki Stadium (Moscovo), com 78.011 espectadores, a maior de sempre neste evento, o que diz bem do interesse dos adeptos da modalidade pelo pontapé da bola, vulgo Futebol, a Croácia foi superior nos parâmetros mais específicos e acabou por vencer com justiça uma Inglaterra que não teve arte para o conseguir.

Apesar de terem aberto o activo muito cedo (5’), através de um golo obtido por Kieran Trippier, os britânicos – mais ou menos idêntico em quase todos os jogos quanto uma equipa ouisolada na frente do marcador – começaram a retrair-se e foram ficando mais parados do que a jogar, quando muito havia para fazer.

Foi por isso que os balcânicos da Croácia começaram a tomar conta do jogo e a pressionar os britânicos, aproveitando a maior posse de bola (55/45%), se bem que o marcador funcionasse mais até ao intervalo.

Em desvantagem, a Croácia continuou a insistir e conseguiu o empate merecido (68’), com um golo obtido por Perisic, aproveitando um passe em profundidade que o levou a ficar com a via aberta para o golo, num remate sesgado e para o canto contrário, onde o guardião bem se esticou mas não … apanhou.

Até final dos 90 minutos o marcador esteve sem funcionar, recorrendo-se ao prolongamento de meia hora (15 minutos para cada lado) numa segunda fase.

fifa world cup 11  jul 2018Após quinze minutos, nada aconteceu mas o último quarto de hora estava reservada para a surpresa principal deste mundial, com a Croácia (109’) a fazer o 2-1, por intermédio de Mandzikic, que acorreu na hora H para chegar à vitória, mais sofrida pelos 11 minutos que faltavam e mais quatro que o árbitro ajuntou.

A Croácia fez mais remates para a baliza do que a Inglaterra (7-1) e também nos remates para fora (10-6) foi superior, o que justifica ainda mais o triunfo croata.

Mas acabou tudo em bem e uma final inesperada entre a Croácia e França (domingo, 19 horas) neste mesmo Estádio, numa partida em que a vice-campeão europeia de há dois anos (quando Portugal ganhou) estará sedenta de fazer história de se tornar campeã mundial.

Na véspera (dia 18, 15 horas) Bélgica e Inglaterra discutirão o terceiro lugar e a medalha de bronze.

© 2024 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.