Sábado 21 de Setembro de 2019

Seleccionados atletas para europeu de crosse em Lisboa

27nov 1056 Cross Sel CNA Federação Portuguesa de Atletismo divulgou a lista dos atletas seleccionados e pré-seleccionados para o Europeu de Corta-Mato, que se disputará no Parque da Bela Vista (Lisboa), em 8 de Dezembro deste ano.

Seleccionados estão: Dulce Félix, Catarina Ribeiro, Salomé Rocha, Etson Barros (sub20), Mariana Machado (sub20) e Marta Pen (estafeta).

Os pré-seleccionados são: Inês Monteiro, Jéssica Augusto, Sara Moreira, Rui Pinto, Samuel Barata e Rui Teixeira.

O número máximo de atletas a escolher é de seis em cada sexo para os sub20, sub23 e seniores. Para a Estafeta, serão quatro, dois de cada sexo.

A equipa nacional será divulgada em 27 de Novembro, sendo António Sousa o responsável técnico.

Os atletas pré-seleccionados deverão demonstrar estar em bom estado de forma na(s) competição(ões) realizada(s) entre o(s) dia(s) 3 e 24 de Novembro.

Para os Sub20, Sub23 e Absoluto Masculino

Após a análise dos resultados obtidos na Prova de Observação/Selecção (24 Novembro) serão seleccionados os três (3) primeiros classificados nos Sub20, e os primeiros quatro (4) nos Sub23. A equipa nacional poderá ser completada com mais dois (2) atletas, escalão e género, escolhidos pelo DTN, depois de analisar a proposta do Treinador Nacional.

No Absoluto Feminino

A equipa nacional será completada pelo DTN depois de analisar a proposta do Treinador Nacional

Estafeta

Serão integradas no programa do Corta-mato de Amora, provas com a distância de 1500m (aproximadamente), para seniores masculinos e femininos. A primeira atleta feminina e o primeiro atleta masculino serão seleccionados para a equipa nacional. O outro atleta masculino será seleccionado pelo DTN após análise da proposta do Técnico Nacional.

A DTN terá em consideração o relatório do departamento médico e da equipa multidisciplinar.

O Director Técnico Nacional reserva-se no direito de modificar a selecção dos atletas que integram a equipa nacional, prevalecendo o seu critério discricional sobre qualquer circunstância ou posição no ranking, bem como a decisão de preencher ou não todas as vagas disponíveis.

A presença dos atletas convocados é obrigatória. A ausência injustificada implica a suspensão imediata de todos os apoios ao atleta e ao respectivo treinador.

A dispensa por lesão terá de ser confirmada pelo departamento médico da FPA e implica a ausência do atleta de qualquer competição até 1 de Janeiro de 2020.

 

© 2019 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.