Terça-feira 04 de Outubro de 2022

Benfica venceu Dínamo de Kiev e tem caminho aberto para avançar na Liga dos Campeões

slb lc 2022 jul_0001O Benfica, ao vencer (2-0) o Dínamo de Kiev, entrou da melhor forma no play off para a Liga dos Campeões, conseguindo uma vantagem agradável para encarar o encontro da segunda com um à-vontade mais lato.

O que não quer dizer que não tenha de cumprir os noventa minutos que faltam ao mais alto nível, porquanto os ucranianos confirmaram que são uma equipa difícil, capazes de ultrapassar todos os obstáculos e, porque não, de poder causar surpresas, tendo em consideração que, no jogo desta quarta-feira, tiveram oportunidades que, de uma ou de outra forma, poderiam ter alterado o resultado registado.

O Benfica entrou a “estudar” o adversário e a tentar contrariar alguma pressão inicial do Dínamo, também preocupados com a maior amplitude mediática e não só do Benfica, sendo que foram os donos da casa (embora emprestada, na Polónia) que mais perto do golo quando Odysseas se teve de impor, defendendo o remate de Besedin, pese embora a jogada tenha sido anulada por fora de jogo do jogador ucraniano.

Facto que espevitou o Benfica que, na resposta, chegou ao 1-0 (10’), com um golo obtido por Gilberto, que explodiu pelo lado direito do ataque benfiquista, lançado por João Mário, chegando até à grande área e rematou forte, com a bola a sofrer um pequeno desvio ao bater nas pernas de um defesa ucraniano e entrar na baliza.

No minuto seguinte, o Dínamo voltou à carga e Tsygankov rematou forte perto da grande área, salvando Odysseas ao afastar a bila da linha de golo, surgindo (24’) um remate de João Mário, à entrada da área, que fez a bola a passar a poucos centímetros do poste.

Mas o avançado Tsygankov estava muito activo e (34’) esteve perto de marcar, ainda que a bola passasse ao lado da baliza por muito pouco.

Mas a sorte estava para o lado do Benfica que (37’) chegou ao 2-0, depois do mesmo Tsygankov, após um lançamento de linha lateral, atrasou a bola para a sua área sem ver quem lá estava, onde apareceu Neres a antecipar-se ao defesa, tirou-lhe a bola e, Gonçalo Ramos, que vinha a seu lado, controlou o esférico e rematou para a baliza ante o desespero do guardião Bushchan.

Até ao intervalo o Benfica continuou a manter-se na frente, mas nada mais resultou até se completarem os 45 (+1) minutos de jogo.

No segundo tempo, foi ainda o Benfica a comandar as operações, tendo o guardião ucraniano safado outro golo, ao defender, a dois tempos, o remate de Neres.

A partir do 63º minuto, as duas equipas iniciaram o processo de substituições, mas as directivas dentro do campo mantinham-se a favor dos benfiquistas, se bem que (67’), Odysseas teve de mostrar o que vale, defendendo um remate de Karavaev (que, entretanto, entrara), voando para a bola.

Aos 82’ Odysseas voltou a estar em acção e em grande plano, ao voar para a bola (desviada por Otamendi) e evitar o golo, depois de um remate forte de Karavaev, muito activo. Tendo o jogo terminado com nova investida dos ucranianos, mas que não resultou.

Resta agora esperar pela próxima terça-feira para, no Estádio da Luz, o Benfica confirmar, no mínimo, a vantagem ganha nesta primeira mão para poder seguir em frente na Liga dos Campeões, isto é, entrar na fase de grupos.

Fase cujo sorteio se efectuará no dia 25 deste mês e será transmitido em directo a partir das 17h00 (de Portugal Continental).

Os clubes que já garantiram a entrada (directa), recorde-se, são os seguintes:

Real Madrid (Espanha, vencedor da Champions League), Eintracht Frankfurt (Alemanha, vencedor da Europa League), Manchester City (Inglaterra), AC Milan (Itália), Bayern München (Alemanha), Paris Saint-Germain (França), F. C. Porto (Portugal), Ajax (Neerland), Liverpool (Inglaterra), Chelsea (Inglaterra), Barcelona (Espanha), Juventus (Itália), Atlético de Madrid (Espanha), Sevilha (Espanha), RB Leipzig (Alemanha), Tottenham Hotspur (Inglaterra), Borussia Dortmund (Alemanha), Salzburg (Áustria), Shakhtar Donetsk (Ucrânia), Inter (Itália), Nápoles (Itália), Sporting (Portugal), Bayer Leverkusen (Alemanha), Marseille (França), Club Brugge (Bélgica) e Celtic (Escõcia), a que se juntarão os vencedores dos play offs, que terminam nos dias 23 e 24.

© 2022 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.