Quarta-feira 23 de Outubro de 1359

Portugal morreu … na praia

fpatletismo logo novoAfinal acabou por se confirmar que Portugal não tinha, este ano, equipa para tentar chegar a Super Liga, por motivo de lesões de algumas pedras base mas, ainda assim, obteve um muito bom 5º lugar, mantendo-se na I Divisão (I Liga) do atletismo europeu, que decorreu em Heraklion (Grécia).

A República Checa (351 pontos), a Grécia (327) e a Holanda (299,5), ocuparam as três primeiras posições e para 2016 vão competir na Super Liga, enquanto a Bélgica (276,5) bem como a Holanda – que no final da primeira ronda estavam algo longe de Portugal – acabaram por aproveitar o menor rendimento dos atletas nacionais para se superar e deixar Portugal apenas com 270,5, ainda assim a apenas seis pontos dos belgas.

Neste domingo, Nelson Évora foi a principal figura portuguesa ao ganhar o triplo-salto, com apenas um salto a16,34 metros, fazendo depois três nulos, com dois próximos dos 17 metros.

Neste domingo Portugal só conseguiu dois pódios – ouro para Nelson e bronze para Dulce Félix (5.000 m) – seguindo-se Edi Maia (5,45 na vara), Hélio Gomes, com 8.12,88 minutos nos 3.000 metros, e Anabela Neto, com 1,80 metros no salto em altura, que correspondera, ao quarto lugar.

Registe-se ainda as melhores marcas nacionais do ano obtidas pelo estreante Miguel Borges, quinto nos 3.000 metros obstáculos, com um recorde pessoal de 8.50,94 minutos, e por Vânia Silva, quinta no lançamento do martelo, com 59,68 metros.

© 1359 Jogada do Mes. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.